×
logo labcriativo
×

Cuzcuz é declarado patrimônio da humanidade

Prato presente na culinária nordestina, o cuzcuz é um verdadeiro símbolo cultural e pode ser caracterizado como uma joia da gastronomia africana.

Tempo de leitura estimado: 2 min

Prato presente na culinária nordestina e no cardápio de boa parte das famílias brasileiras, o cuscuz é mais do que somente uma saborosa iguaria: trata-se de um verdadeiro símbolo cultural, uma joia da gastronomia africana que representa, entre tantos outros exemplos, a imensa influência do continente sobre, por exemplo, o Brasil.

Não por acaso, recentemente o cuscuz foi reconhecido pelo Comitê de Patrimônio da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) como Patrimônio Imaterial da Humanidade. Com informações do Alma Preta.

Para além do alimento propriamente, o reconhecimento inclui toda tradição relacionada à prática, o preparo e o consumo do cuscuz, assim como os conhecimentos ligados a essa tradição em países como Argélia, Mauritânia, Marrocos e Tunísia, nos quais o prato é parte essencial de suas culinárias e culturas.

976fa440-edit_cuscuz_gettyimages-1280435403.jpg

A proposta foi apresentada em videoconferência no mês de dezembro passado, sob o argumento de que o alimento é parte dos hábitos de todas as populações dos países citados, não só em festas e cerimônias como no dia a dia desses quatro países.

A aprovação aconteceu no último dia 16 de dezembro pelo comitê da UNESCO, sob presidência atual da Jamaica. Pesquisas sugerem que o cuscuz já era consumido cerca de dois séculos antes de Cristo na região do Magrebh, reunindo Tunísia, Marrocos e Argélia. Preparado com grãos de sêmola, trigo ou polvilho, o prato já era popular em Portugal quando os portugueses invadiram o Brasil, e teria chegado ao continente europeu por volta do século XIII, com a invasão muçulmana à Península Ibérica.

Pela sua presença multinacional, não existe uma única receita tradicional, sendo esta plural de acordo com os lugares, aceitando acompanhamentos disponíveis na região em que é feito, seja um deserto, uma ilha ou uma montanha. “Fazendo do cuscuz um verdadeiro espelho das sociedades onde é cozinhado”.

Postado em Jan. 12, 2021, 10:37 a.m.

LabCriativo
Quem somos

Redação do LabCriativo



Canais
  • Lucas Foster
    CEO, LabCriativo

    Especialista em criatividade e empresário da economia criativa

  • Digital Disruption
    Canal

    Conheça e se inspire com soluções e inovações que simplificam a maneira como as pessoas se comunicam, produzem, ensinam e …

  • New World, New Skills
    Canal

    Apresentamos novas referências de como produzir melhor usando novas tecnologias e como trabalhar de forma mais consciente, levando em consideração …

  • Corp Meets Planet
    Canal

    Inspirar, trazer referências e instruir líderes e tomadores de decisões ampliando seu repertório com casos, ideias e notícias que comprovam …

  • LabCriativo
    Quem somos

    Redação do LabCriativo

Últimas postagens

Veja também

Ano Internacional da Economia Criativa para o Desenvolvimento Sustentável

LabCriativo terá cobertura especial da programação global e enviará equipe para os principais eventos. Em 2019, a 74ª sessão da Assembleia …

Lucas Foster
CEO, LabCriativo

Biblioteca comunitária na Indonésia é exemplo de iluminação e ventilação natural

Na estrutura foi aplicada a arquitetura bioclimática, o design multifuncional, cujos móveis agregam duas ou mais finalidades, e ainda o uso …

LabCriativo
Quem somos

Lupin: Série francesa da Netflix quebra recorde na plataforma

Omar Sy artista que fez sucesso com Intocavéis, agora aparece como Assane Diop em Lupin, novo fenômeno da Netflix. Dona da …

LabCriativo
Quem somos

Vogue é acusada de embranquecer Kamala Harris em capa da nova edição

Fotos apresentadas pela revista foram motivo de crítica por parte de público, que acusou a publicação de branquear a vice-presidente. Kamala …

LabCriativo
Quem somos

Getty Images e iStock oferecem US$ 20.000 em bolsas para apoiar a próxima geração de talentos criativos

A Getty Images, líder mundial em comunicações visuais comemorando seu 25º ano, e sua subsidiária iStock, concederam três bolsas de US$ …