×
logo labcriativo
×

Alemanha inaugura sua primeira rodovia elétrica para transporte de cargas

Trecho ainda está em fase de testes, mas promete ajudar o meio ambiente

Tempo de leitura estimado: 2 min

A região de Frankfurt inaugurou no último semestre a primeira autobahn elétrica da Alemanha, voltada para o transporte de cargas.

Trata-se de um trecho de 5 km, onde foram instalados cabos aéreos, semelhantes aos usados pelos trens elétricos, para que caminhões com motores elétricos se acoplem e recarreguem suas baterias pelo trecho.

A rodovia ainda está em fase de testes e cinco transportadoras estão participando, com caminhões de tecnologia híbrida (motores elétricos e a combustão). O Ministério do Meio Ambiente da Alemanha investiu 50 milhões de euros em três trechos de testes – os outros dois ainda serão construídos nos estados de Schleswig-Holstein e Baden-Württemberg.

O objetivo do governo é encontrar soluções menos poluentes e menos ruidosas para o transporte de cargas, que tem aumentado muito nos últimos anos e é um grande emissor de gases. Apenas pelo trecho em que foram instalados os cabos, passam mais de 130 mil veículos por dia, dos quais 13 mil caminhões.

Os testes também vão avaliar se a mudança atrapalha o trânsito e qual o custo adicional de manutenção das rodovias. Pelo o cálculo do Ministério do Meio Ambiente, se a experiência funcionar, bastaria mil quilômetros de rodovias elétricas pelo país – o que geraria um custo final de um 1 milhão de euros por quilômetro, ou 1 bilhão de euros no total.

Ainda não está claro como a energia que os caminhões utilizarão para recarregar as baterias seria cobrada. Na fase de testes, a conta será paga pelo Ministério do Meio Ambiente.

Também não está claro quem arcará com os custos da adaptação dos caminhões ao novo sistema. Pelos cálculos da montadora Scania, que fabricou os protótipos para o teste, um caminhão que pode se recarregar enquanto anda custa de 50% a 75% a mais do que um caminhão convencional e, por enquanto, esses caminhões com motores elétricos conseguem percorrer no máximo 10 quilômetros.

Postado em 28 de Agosto de 2019 às 15:00

Originals Network
LabCriativo / Editor



Em alta
Últimas postagens

Veja também

Na Dinamarca, arte e cultura são prescritas como "vitaminas" contra depressão

Durante dez semanas, pessoas com depressão, ansiedade ou estresse ficam em contato com guias culturais profissionais. Na Dinamarca, um programa chamado …

Originals Network
LabCriativo / Editor

Saiba quais são as marcas mais valiosas do Brasil em 2019, segundo a Interbrand

Magalu e Localiza foram as mais valorizadas enquanto Cielo e BTG Pactual perderam mais valor. O Ranking das Marcas Brasileiras Mais …

Originals Network
LabCriativo / Editor

Yellow e Grin: faça amor ao invés de guerra

Como duas marcas se uniram para mudar a paisagem e a vida na maior cidade do país. No último semestre, as …

Originals Network
LabCriativo / Editor

Netflix: Poucas marcas cresceram tanto, mas você sabe quem a criou?

Estúdio nova-iorquino Gretel foi responsável pelo novo branding e primeiro slogan da marca, além de um guia de marca que deve …

Originals Network
LabCriativo / Editor