× Início Criatividade Economia Criativa Educação Inovação Aberta O Ecossistema Sobre o LabCriativo
× Direito Services Clients Contact

Metade do mundo já está conectada à internet

E há um número recorde de africanos com acesso à rede mundial de computadores

Tempo de leitura estimado: 2 min

Pela primeira vez, mais da metade da população mundial está usando a internet, segundo a União Internacional de Telecomunicações. A agência especializada das Nações Unidas estima que 3,9 bilhões – mais de 51% da população global – tiveram acesso até o final do ano de 2018. Atualmente, 90% dessas pessoas usam a Internet por meio de uma rede 3G ou de velocidade mais alta.

Grande parte desse progresso foi visto na África, que registrou o maior crescimento global em pouco mais de uma década. De apenas 2,1% em 2005, aqueles com conexões de internet cresceram para mais de 24% em 2018.

O número de domicílios na África com acesso através de computador também aumentou para 9,2% em 2018 (de 3,6% em 2005). Crescimento estável semelhante também foi registrado nos países em desenvolvimento, onde a penetração da Internet cresceu para 45,3% no final de 2018 (de 7,7% em 2005). A UIT afirma que alcançar o marco 50/50 é histórico e crucial, dado o número de pessoas que não apenas estarão conectadas, mas também poderão obter serviços cruciais on-line, incluindo educação e saúde.

Mas enquanto a penetração da Internet continua a aumentar, a acessibilidade continua a ser um problema, especialmente na África. Pesquisas mostram que o continente tem os pacotes de dados móveis mais caros, com preços de 1GB por até US$ 35. Isso significa que os usuários reservam 5,5% de sua renda mensal para comprar internet – muito mais do que os 2% da receita bruta mensal estipulada pela Comissão de Banda Larga da ONU. As velocidades da Internet também permanecem muito baixas, ficando bem abaixo da velocidade média acima de 10Mb por segundo, que é o mínimo necessário para permitir que os consumidores participem plenamente de uma economia digital.

Parte desse problema recai sobre os governos, que não estão promovendo a conectividade em áreas urbanas rurais, remotas e pobres, mesmo quando têm recursos para fazê-lo. No entanto, cada vez mais, mais financiamento privado está sendo usado para ampliar as redes de cabo de fibra ótica, o que pode permitir que milhões de pessoas acessem a internet de maneira econômica.

Postado em 8 de Janeiro de 2019 às 13:00

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Fundador e CEO do LabCriativo



Em alta
Últimas postagens

Veja também

Brasileiro é o maior colecionador de vinil do mundo

São mais de 5 milhões de discos na coleção do paulistano José Roberto Alves Freitas tem mais de 5 milhões de discos! Apaixonado por música desde muito novo, Zero Freitas, como também é conhecido, começou sua coleção aos 11 anos de idade ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Shutterstock publica relatório sobre as tendências criativas para 2019

Infográfico mostra o que causará impacto, com base em pesquisas de usuários Com base em bilhões de pesquisas de imagens, vídeos e músicas e downloads de clientes, a Shutterstock publicou seu Relatório Anual de Tendências Criativas para o ano de 2019. O ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Adesivo para tratamento de Alzheimer já está disponível no SUS

Formato diminui os efeitos colaterais do tratamento O Sistema Único de Saúde (SUS) já está distribuindo rivastigmina em forma de adesivo para pacientes de Alzheimer, doença neurodegenerativa sem cura conhecida. O remédio é um composto que aumenta a quantidade de acetilcolina, uma ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Cadeira feita de resíduos do oceano sugere a mobília do futuro

Não é apenas plástico reciclado – é economia circular, e é linda! Estonteante é a cadeira verde esmeralda, com luxuosos redemoinhos de mármore! Você poderia esperar que esta cadeira custa apenas US $ 100? E foi feito de redes oceânicas recicladas?Esta é a ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Episódio da série ‘Corações e mentes, escolas que transformam’ está disponível gratuitamente

Produção mostra práticas de escolas que abriram espaço para novas formas de educar, ser e conviver A volta às aulas é um momento oportuno para as escolas valorizarem o trabalho em equipe e o exercitarem junto a educadores, estudantes e suas famílias ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor