×
logo labcriativo
×

4 Lições para Criar Equipes Diversificadas

Os tempos mudaram, e diversidade (em suas muitas formas) é a palavra de ordem

Tempo de leitura estimado: 3 min

Texto originalmente publicado no Harvard Business Review, em inglês. Traduzido e adaptado por LabCriativo.


Se algo que fazemos apresenta resultados, é de nossa natureza fazer a mesma coisa diversas vezes. No geral, somos pessoas que criam hábitos. é só pensar no fato que costumamos pedir sempre a mesma coisa quando vamos a um restaurante que já conhecemos.

Contudo, no mundo dos negócios tal mentalidade pode não ser tão benéfica assim. Isso significa que as empresas costumam contratar sempre o mesmo tipo de funcionário quando veem que funcionário X está apresentando ótimos resultados, com um bom relacionamento com a equipe, etc. Com isso, a ideia lógica seria contratar mais pessoas como ele ou ela, com a mesma instituição de ensino, mesmo conjunto de habilidades, mesmo histórico de empregadores, e por aí vai.

Isso não apenas irá reduzir a diversidade de pontos de vista diferentes, mas também pode prevenir da empresa atingir seu real potencial. é necessário que a empresa possua uma diversidade de linhas de pensamento para poder analisar as melhores formas de se trabalhar um projeto ou resolver alguma crise.

Em adição à diversidade de pensamento, os outros setores da diversidade, como racial, social, gênero e orientação sexual, também são importantes para a construção de uma organização mais plural.

No mundo, diversas empresas já anunciaram que irão aumentar a porcentagem de grupos que são sub-representados em suas empresas nos próximos anos. No Brasil, é de se esperar que ocorra o mesmo, ainda mais se pensarmos na enorme diversidade que temos em nosso país.

Naomi Wheeless, autora do artigo original, passou 20 anos da carreira dela criando equipes de trabalho diversificadas, e apresenta algumas lições que aprendeu durante este período:

1- SABER QUE A MUDANÇA COMEÇA DE CIMA

A melhor forma de começar a mudança em prol da diversidade dentro da empresa, é começar pelo nível executivo. Dessa forma, toda a estrutura organizacional da empresa sofrerá os impactos e começará a se mover em direção à uma empresa mais diversa. Afinal, se quem está no comando der o exemplo, todo o resto empresa irá seguir.

2- DIVULGUE BENCHMARKS ASPIRACIONAIS E/OU OBJETIVOS

Não dá para apenas desejar ter um aumento na diversidade de empregados na empresa. Gerentes e times de recrutamento devem seguir algumas diretrizes e números de benchmarks da empresa. Por exemplo, considere requerer que certa porcentagem das entrevistas sejam feitas com candidatos qualificados de grupos sub-representados.

3- DIVERSIFIQUE SEUS PAINÉIS DE ENTREVISTA

Há estudos que mostram que gerentes de recrutamento tendem a contratar pessoas que se pareçam com eles ou elas em diversas questões. Temos a tendência em querer conviver com pessoas que nos identifiquemos facilmente. você deve se assegurar que, além de qualquer pessoa com poder de contratação passar por treinamento completo para evitar essa “tendência subconsciente”, seu leque de entrevistadores em si seja diverso, visando acabar com contratações tendenciosas.

4- REVISE OS REQUISITOS SOLICITADOS EM SUAS VAGAS DE EMPREGO

Repensar, (e em alguns casos até relaxar), os requisitos que você lista como obrigatórios podem levar a um pool maior de candidatos com backgrounds mais diversificados. Considere reavaliar a necessidade de um diploma universitário para alguns cargos. Se você puder aceitar maiores resultados, em detrimentos de mais anos de experiência laboral, e se os seus programas de treinamento são de alta qualidade, isso permitirá você investir e desenvolver a sua força de trabalho com o passar do tempo.

Empresas que querem prosperar no futuro precisam construir uma força de trabalho para o futuro; não apenas uma réplica do passado.

Postado em June 9, 2021, 5:43 p.m.

New World, New Skills
Canal

Apresentamos novas referências de como produzir melhor usando novas tecnologias e como trabalhar de forma mais consciente, levando em consideração habilidades comportamentais necessárias para o presente e o futuro.



Canais
  • Lucas Foster
    CEO, LabCriativo

    Especialista em criatividade e empresário da economia criativa

  • Digital Disruption
    Canal

    Conheça e se inspire com soluções e inovações que simplificam a maneira como as pessoas se comunicam, produzem, ensinam e …

  • New World, New Skills
    Canal

    Apresentamos novas referências de como produzir melhor usando novas tecnologias e como trabalhar de forma mais consciente, levando em consideração …

  • Corp Meets Planet
    Canal

    Inspirar, trazer referências e instruir líderes e tomadores de decisões ampliando seu repertório com casos, ideias e notícias que comprovam …

  • LabCriativo
    Quem somos

    Redação do LabCriativo

Últimas postagens

Veja também

As caixas de assinatura mais criativas pra você se presentear

Aqui está a nossa escolha das melhores caixas de assinatura para comprar agora, para o presente que continua a oferecer. Deixe …

Lançamento celebra o Mês do Orgulho e a diversidade dos fãs de LEGO

Todo mundo é incrível é um novo conjunto da LEGO, anunciado hoje, projetado para celebrar a diversidade de seus fãs e …

LabCriativo
Quem somos

O poder de marketing promovido pelo Big Brother Brasil

Como a Samsung obteve resultados impressionantes de vendas após a sua participação na última prova do líder do programa, levando ao …