×
×

Robôs operados por pessoas com paralisia servem café em Tóquio

Este é um exemplo de como a tecnologia é capaz de proporcionar inclusão

Tempo de leitura estimado: 2 min

Nos últimos anos, vários avanços foram feitos no campo da robótica. De plantadores inteligentes a drones submersíveis, essas inovações são projetadas para facilitar a vida de seus operadores. Essa intenção é particularmente verdadeira no Dawn ver.β, um café pop-up que contrata pessoas que têm dificuldade de trabalhar.

Desenvolvido por Kentaro Yoshifuji – o CEO da Ory Laboratories – o OriHime-D é um servidor que depende do controle remoto. O que diferencia esse robô de quatro pés de altura de outros robôs-garçons, no entanto, é o fato de ser operado apenas por pessoas que têm paralisia.

Trabalhando em cadeiras de rodas e camas, dez pessoas com deficiência se revezaram controlando três robôs OriHime-D durante a jornada de oito dias do Dawn ver.β em 2018. Usando computadores, eles foram capazes de comandar cada bot para mover, falar e servir— mesmo que sua própria mobilidade fosse limitada a movimentos oculares.

Cada operador recebeu 1.000 ienes (cerca de US$ 8,80) por hora. Mais importante do que dinheiro, no entanto, é que cada indivíduo teve a oportunidade de se conectar com os outros e, por sua vez, se reconectar com eles mesmos. "Fiquei muito feliz porque pude falar com as pessoas e fazê-las felizes", disse Hiroki Okabe, que sofre de ELA. "Eu me encontrei novamente graças ao meu robô."

O pop-up Dawn ver.β fechou em 7 de dezembro de 2018, mas Kentaro Yoshifuji espera abrir um espaço permanente até 2020.

47685873_2060469773997016_4589573095836090368_o.jpg

Postado em 10 de Janeiro de 2019 às 15:00

Top Posts
LabCriativo / Editor



Em alta
Últimas postagens

Veja também

Terminal desativado em aeroporto ganha nova vida e vira hotel de luxo retrô

O Aeroporto Internacional de Nova York, John F. Kennedy, inaugurou no dia 15 de maio de 2019, seu primeiro hotel interno …

Top Posts
LabCriativo / Editor

Lucas Foster faz palestra no Rock in Rio Innovation Week 2019

Com foco no desenvolvimento humano, segunda edição do evento ocorre de 2 a 5 de julho, em Lisboa. Por acreditar que …

Top Posts
LabCriativo / Editor

Mãe criativa transforma os aparelhos auditivos de crianças em super-heróis

Com um filho de 4 anos diagnosticado com surdez profunda e perda auditiva apenas alguns meses após seu nascimento, Sarah Ivermee …

Top Posts
LabCriativo / Editor