×
×

Empresa cria pilhas eternas, que se recarregam pelo ar

Em formato AA, pilhas possuem uma antena embutida, que transmite eletricidade

Tempo de leitura estimado: 1 min

A Ossia, empresa que produz uma tecnologia de recarga sem fio chamada Cota anunciou a fabricação de pilhas que conseguem se carregar a partir do ar para funcionar, em teoria, eternamente.

A tecnologia consiste em duas partes: um transmissor de radiofrequência e um receptor acoplado a algum dispositivo, que transforma esse sinal em energia para recarga de baterias. As pilhas Cota Forever Battery, que já são uma realidade, são pilhas no formato AA que possuem a antena da Ossia embutida, de forma que podem ser carregadas por meio do transmissor da companhia. Isso significa que, na teoria, você poderia deixar o equipamento conectado a uma tomada no canto da sala e nunca mais se preocupar em trocar as pilhas de quaisquer produtos que você tenha na sua casa.

No entanto, a tendência é que essa realidade ainda esteja longe de se concretizar, porque a Ossia ainda não vende os transmissores, que hoje são pequenos o bastante para ficarem no teto de forma discreta, para o consumidor final. A tendência é que as pilhas eternas possam levar a empresa a acelerar a adesão da eletricidade sem fio, mas só o tempo vai dizer.

Postado em 2 de Janeiro de 2019 às 17:00

Top Posts
LabCriativo / Editor



Em alta
Últimas postagens

Veja também

Terminal desativado em aeroporto ganha nova vida e vira hotel de luxo retrô

O Aeroporto Internacional de Nova York, John F. Kennedy, inaugurou no dia 15 de maio de 2019, seu primeiro hotel interno …

Top Posts
LabCriativo / Editor

Lucas Foster faz palestra no Rock in Rio Innovation Week 2019

Com foco no desenvolvimento humano, segunda edição do evento ocorre de 2 a 5 de julho, em Lisboa. Por acreditar que …

Top Posts
LabCriativo / Editor

Mãe criativa transforma os aparelhos auditivos de crianças em super-heróis

Com um filho de 4 anos diagnosticado com surdez profunda e perda auditiva apenas alguns meses após seu nascimento, Sarah Ivermee …

Top Posts
LabCriativo / Editor