× Início Criatividade Economia Criativa Educação Inovação Aberta O Ecossistema Sobre o LabCriativo
× Direito Services Clients Contact

Você só precisa de 20 horas para aprender algo novo

Se você não tem 10.000 horas disponíveis para se dedicar, não se desespere

Tempo de leitura estimado: 2 min

O escritor Josh Kaufman afirma que é possível aprender algo novo muito mais rápido do que imaginamos. Em sua técnica testada e aprovada, podemos adquirir uma nova habilidade com apenas 45 minutos por dia durante um mês.

Todos nós queremos tocar um instrumento musical, fazer algum esporte ou aprender algum idioma. Aprender algo novo é parte da curiosidade que existe em todas as pessoas, mas como precisamos nos dedicar demais, acabamos desistindo.

O escritor Josh Kaufman, autor de “As primeiras 20 horas: Como aprender qualquer coisa…”, descobriu porque tantos de nós empacamos no período de aprendizagem. Depois de tantas tentativas e erros, ele apresenta quatro etapas que podem ajudar você a subir sua curva de aprendizado em apenas 20 horas. Por que 20? Como ele diz, “20 horas é factível – isso é cerca de 45 minutos por dia durante um mês, mesmo pulando alguns dias aqui e ali.”

1- Divida uma habilidade em seus componentes

A primeira coisa que você precisa fazer é decidir o que você quer aprender e dividi-lo em partes menores e gerenciáveis. Digamos que você queira assar seu próprio pão. É um processo de várias etapas que inclui fazer a massa, deixá-la crescer, sová-la, moldá-la e, por fim assá-la no forno. Você começará identificando as diferentes ferramentas e habilidades por trás de cada etapa.

Se você escolher a ioga como seu novo hobby, comece em casa, com um vídeo que mostre as poses básicas e as técnicas de respiração – depois tente uma aula.

2- Aprenda o suficiente para saber quando você está errando

“Obtenha de três a cinco recursos sobre o que você está tentando aprender”, diz Kaufman. “Pode ser livros, DVDs ou qualquer outra coisa. Só não os use como uma maneira de procrastinar”. Afinal, você não vai aprender como fazer pão ou fazer ioga a menos que você use a farinha ou o tapete de ioga para fazer outra coisa.

Defina um limite para o número de recursos que você está consultando. Não é necessário comprar todos os livros ou assistir a todos os vídeos do YouTube sobre o assunto. Você terá tempo para fazer isso depois.

3- Remova todas e quaisquer barreiras para praticar

Isso pode significar guardar seus dispositivos eletrônicos enquanto você pratica a nova habilidade. A não ser que você seja criativo e combine sua distração favorita com sua nova atividade. Em uma palestra no TEDxPenn, a cientista comportamental Katherine Milkman defende uma técnica chamada “agregação da tentação”: emparelhar algo que você sabe que adora fazer com algo que você está tentando fazer. Ouça ao seu podcast favorito enquanto assa o seu pão, ou transforme seu café semanal com um amigo em uma sessão semanal de ioga em casa com vocês dois.

4- Pratique por pelo menos 20 horas

Para superar o que Kaufman chama de “barreira da frustração” – aquele período inicial em que você ainda é dolorosamente incompetente e sabe disso –, você deve se comprometer a manter sua nova atividade por pelo menos 20 horas. Ele garante: "você ficará surpreso com o quão bom você é".

Veja sua palestra no TEDxCSU aqui:

Postado em 11 de Janeiro de 2019 às 11:00

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Fundador e CEO do LabCriativo



Em alta
Últimas postagens

Veja também

Brasileiro é o maior colecionador de vinil do mundo

São mais de 5 milhões de discos na coleção do paulistano José Roberto Alves Freitas tem mais de 5 milhões de discos! Apaixonado por música desde muito novo, Zero Freitas, como também é conhecido, começou sua coleção aos 11 anos de idade ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Shutterstock publica relatório sobre as tendências criativas para 2019

Infográfico mostra o que causará impacto, com base em pesquisas de usuários Com base em bilhões de pesquisas de imagens, vídeos e músicas e downloads de clientes, a Shutterstock publicou seu Relatório Anual de Tendências Criativas para o ano de 2019. O ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Adesivo para tratamento de Alzheimer já está disponível no SUS

Formato diminui os efeitos colaterais do tratamento O Sistema Único de Saúde (SUS) já está distribuindo rivastigmina em forma de adesivo para pacientes de Alzheimer, doença neurodegenerativa sem cura conhecida. O remédio é um composto que aumenta a quantidade de acetilcolina, uma ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Cadeira feita de resíduos do oceano sugere a mobília do futuro

Não é apenas plástico reciclado – é economia circular, e é linda! Estonteante é a cadeira verde esmeralda, com luxuosos redemoinhos de mármore! Você poderia esperar que esta cadeira custa apenas US $ 100? E foi feito de redes oceânicas recicladas?Esta é a ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Episódio da série ‘Corações e mentes, escolas que transformam’ está disponível gratuitamente

Produção mostra práticas de escolas que abriram espaço para novas formas de educar, ser e conviver A volta às aulas é um momento oportuno para as escolas valorizarem o trabalho em equipe e o exercitarem junto a educadores, estudantes e suas famílias ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor