× Início Criatividade Economia Criativa Educação Inovação Aberta O Ecossistema Sobre o LabCriativo
× Direito Services Clients Contact

Teoria final de Stephen Hawking sobre buracos negros pode ser lida gratuitamente

O físico propôs a teoria em 2015, mas só agora foi publicado estudo que tenta explicar um dos maiores mistérios do Universo

Tempo de leitura estimado: 2 min

Stephen Hawking, um dos mais renomados físicos do mundo, dedicou grande parte de sua vida a desvendar os mistérios dos buracos negros. Dias antes de sua morte, em março deste ano, aos 76 anos de idade, o professor finalizou sua pesquisa sobre o “paradoxo da informação”.

De acordo com Malcolm Perry, professor de física teórica da Universidade de Cambridge e co-autor do artigo, Black Hole Entropy e Soft Hair, o paradoxo da informação estava no centro da vida de Hawking por mais de 40 anos.

A teoria diz que, quando uma partícula carregada é sugada por um buraco negro, sua informação deixa um rastro, uma impressão para trás. As informações estariam fora, e não dentro do buraco.

Isso resolveria o paradoxo que é estudado há tantos anos. De acordo com a teoria geral da relatividade de Einstein, toda informação que cruza o limite de um buraco negro (horizonte de eventos ) é perdida para sempre. Hawking propôs, há mais de 40 anos, que o Universo é repleto de “partículas virtuais”, que se aniquilam quando entram em contato. A exceção é quando elas aparecem em ambos os lados do horizonte de eventos de um buraco negro. Nesse caso, como explica o cientista Devin Powell, uma partícula é engolida e a outra irradia para o espaço.

O capítulo final da teoria de Hawking, que explica como são preservadas as informações, está disponível online e pode ser acessado gratuitamente em https://arxiv.org/abs/1810.01847

Postado em 7 de Novembro de 2018 às 17:00

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Fundador e CEO do LabCriativo



Em alta
Últimas postagens

Veja também

Brasileiro é o maior colecionador de vinil do mundo

São mais de 5 milhões de discos na coleção do paulistano José Roberto Alves Freitas tem mais de 5 milhões de discos! Apaixonado por música desde muito novo, Zero Freitas, como também é conhecido, começou sua coleção aos 11 anos de idade ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Shutterstock publica relatório sobre as tendências criativas para 2019

Infográfico mostra o que causará impacto, com base em pesquisas de usuários Com base em bilhões de pesquisas de imagens, vídeos e músicas e downloads de clientes, a Shutterstock publicou seu Relatório Anual de Tendências Criativas para o ano de 2019. O ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Adesivo para tratamento de Alzheimer já está disponível no SUS

Formato diminui os efeitos colaterais do tratamento O Sistema Único de Saúde (SUS) já está distribuindo rivastigmina em forma de adesivo para pacientes de Alzheimer, doença neurodegenerativa sem cura conhecida. O remédio é um composto que aumenta a quantidade de acetilcolina, uma ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Cadeira feita de resíduos do oceano sugere a mobília do futuro

Não é apenas plástico reciclado – é economia circular, e é linda! Estonteante é a cadeira verde esmeralda, com luxuosos redemoinhos de mármore! Você poderia esperar que esta cadeira custa apenas US $ 100? E foi feito de redes oceânicas recicladas?Esta é a ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Episódio da série ‘Corações e mentes, escolas que transformam’ está disponível gratuitamente

Produção mostra práticas de escolas que abriram espaço para novas formas de educar, ser e conviver A volta às aulas é um momento oportuno para as escolas valorizarem o trabalho em equipe e o exercitarem junto a educadores, estudantes e suas famílias ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor