× Início Criatividade Economia Criativa Educação Inovação Aberta O Ecossistema Sobre o LabCriativo
× Direito Services Clients Contact

Biblioteca dedicada à literatura infantil é inaugurada com 5 mil livros

Em Caxias do Sul, biblioteca é projeto do Instituto de Leitura Quindim

Tempo de leitura estimado: 3 min

Apesar de estarmos presenciando grandes redes de livrarias entrando com pedido de recuperação judicial, em um país em que apenas 44% das pessoas admitirem não ter o hábito de ler, ainda há projetos de incentivo à leitura.

Volnei Canônica, de 44 anos, passou a infância remexendo nos livros que iam parar no barracão onde sua família reciclava papéis. Esse contato o fez se apaixonar pela leitura e, hoje, a dedicar-se ao Instituto de Leitura Quindim (ILQ) — uma biblioteca com cerca de 5 mil obras infantis e juvenis que acaba de ser inaugurada em Caxias do Sul.

Por achar que os livros não têm o valor merecido no Brasil e saber que o hábito da leitura formado ainda na infância pode ser crucial no destino de uma pessoa, Volnei especializou-se em literatura infantil e juvenil. Trabalhou na Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, coordenou o programa Prazer em Ler, do Instituto C&A, e já foi diretor do departamento de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas do Ministério da Cultura.

Agora, está focado em transformar sua cidade natal em um polo de incentivo à leitura na infância. Com funcionamento de quartas a domingos, das 10h às 17h, a biblioteca do Instituto de Leitura Quindim, que possui acervo doado pelo próprio Volnei e por seu parceiro, o ilustrador brasiliense Roger Mello, permitirá que crianças levem para casa até 15 títulos, sem custos de empréstimo e de inscrição, por um período de até 15 dias.

Sem financiamento público, a Quindim surgiu graças às parcerias, uma delas com o próprio Grupo Ueba, locatário do Moinho, que isentou o Instituto do pagamento de aluguel. O desenho arquitetônico da sala foi doação de uma arquiteta de Caxias do Sul. Uma vaquinha online foi criada para quem deseja ajudar a arcar com os gastos das obras, com a recompensa de ganhar ilustrações de Roger Mello. O braço comercial do projeto fica por conta de um clube de leitura em que todo mês o sócio recebe em casa um livro infantil. A seleção é feita por um time de curadores composto por nomes como Ziraldo, Marina Colasanti, Adriana Calcanhotto e Ricardo Azevedo. O próximo passo é lançar uma revista para discutir literatura infantil, batizada de Rinoceronte.

Biblioteca

De quartas a domingos, das 10h às 17h, no Moinho da Cascata (Rua Luiz Covolan, 2.820), em Caxias do Sul.

Vaquinha online

Contribuições a partir de R$ 30 no link bit.ly/vaquinhaquindim, até 20/12.

Postado em 19 de Dezembro de 2018 às 18:00

Lucas Foster
Labcriativo / Editor

Fundador e CEO do LabCriativo



Em alta
Últimas postagens

Veja também

Arquitetos projetam deslumbrante edifício espelhado como extensão de rocha natural

Prédio futurista chamado O Coração de Malta deve ter o mesmo tamanho e proporções da Azure Window, que caiu O novo conceito de design arquitetônico de Elena Britanishskaya e Svetozar Andreev propõe um edifício futurista no lugar de onde um fenômeno natural ...

Lucas Foster
Labcriativo / Editor

Robôs operados por pessoas com paralisia servem café em Tóquio

Este é um exemplo de como a tecnologia é capaz de proporcionar inclusão Nos últimos anos, vários avanços foram feitos no campo da robótica. De plantadores inteligentes a drones submersíveis, essas inovações são projetadas para facilitar a vida de seus operadores. Essa ...

Lucas Foster
Labcriativo / Editor

Escritor transforma histórias de pessoas comuns em poemas

Ithalo Furtado lançou o projeto ‘Escuto histórias, escrevo poemas’ no Piauí e pretende leva-lo a todas as regiões do Brasil O escritor piauiense Ithalo Furtado criou um projeto chamado 'Escuto histórias, escrevo poemas', no qual ele senta-se em uma praça e convida ...

Lucas Foster
Labcriativo / Editor

Canoa solar ajuda comunidades a navegar sem gasolina na Amazônia

Transporte é opção econômica e sustentável para a vida na selva Desde abril de 2017, uma canoa chamada Tapiatpia em homenagem a um lendário peixe-elétrico da Amazônia, alimentada por energia solar percorre 67 km pelos rios Capahuari e Pastaza. A canoa é ...

Lucas Foster
Labcriativo / Editor

Artista esculpe uma guitarra elétrica com 1.200 lápis de cor

Ferramenta pode servir para muito além de colorir Já vimos talentosos artistas usarem o lápis de cor para criar obras de arte incríveis, mas talvez esta seja uma obra um tanto inusitada. Inspirado por formas de arte incomuns, um artista conhecido como ...

Lucas Foster
Labcriativo / Editor