×
×

Hotel no Círculo Polar Ártico será o primeiro no mundo a gerar mais do que consome

Tempo de leitura estimado: 2 min

A empresa norueguesa de design e arquitetura Snøhetta foi contratada para criar um hotel sustentável em uma geleira localizada logo acima do Círculo Polar Ártico.

Construir em um local tão ambientalmente frágil exigiu soluções inovadoras. O Svart será o primeiro hotel Powerhouse do mundo, o que significa que irá gerar mais energia do que consome. Com o nome da geleira de Svartisen no norte da Noruega, Svart terá uma taxa de consumo de energia que é 85% menor do que os hotéis padrão.

“Construir em um ambiente tão precioso vem com algumas obrigações claras em termos de preservação da beleza natural e da fauna e flora local”, diz o sócio-fundador da Snøhetta, Kjetil Trædal Thorsen. "Foi importante para nós projetar um edifício sustentável que deixará uma pegada ambiental mínima nesta bela natureza do norte."

O Svart se projeta nas águas do fiorde Holandsfjorden, em forma circular, oferecendo vistas panorâmicas da paisagem. Sua construção, embora contemporânea, baseia-se na tradição local. A madeira desgastada que forma a armação da estrutura e os pilares de apoio foram inspirados na rorbue – tradicional casa sazonal usada pelos pescadores locais. Além disso, as vigas em forma de A que mergulham nas águas do Ártico lembram as formas de uma fiskehjell, uma estrutura de madeira usada para secar peixes.

Com o objetivo de tornar o Svart uma estrutura pioneira em turismo sustentável, o hotel só poderá ser acessado por barco. Atualmente, há planos para introduzir um barco com energia neutra da cidade de Bodø. Painéis solares colocados no telhado do hotel foram alinhados com os raios do sol, a fim de criar uma geração de energia ideal. Os poços geotérmicos captam energia do solo para aquecimento e todos os quartos, terraços e o restaurante foram estrategicamente posicionados para aproveitar a sombra durante os meses de verão.

As grandes janelas da fachada dão uma ilusão de transparência ao mesmo tempo em que permitem a entrada de muita luz natural no espaço – um conceito que é fundamental acima do Círculo Polar Ártico. Programado para ser inaugurado em 2021, o Svart é apenas o primeiro de muitos edifícios Powerhouse que a Snøhetta pretende construir em conjunto com os parceiros Arctic Adventure, Asplan Vaak e Skanska.

snohetta-svart-arctic-circle-3.jpg

snohetta-svart-arctic-circle-4.jpg

Postado em 22 de Maio de 2019 às 09:00

Top Posts
LabCriativo / Editor



Em alta
Últimas postagens

Veja também

Terminal desativado em aeroporto ganha nova vida e vira hotel de luxo retrô

O Aeroporto Internacional de Nova York, John F. Kennedy, inaugurou no dia 15 de maio de 2019, seu primeiro hotel interno …

Top Posts
LabCriativo / Editor

Lucas Foster faz palestra no Rock in Rio Innovation Week 2019

Com foco no desenvolvimento humano, segunda edição do evento ocorre de 2 a 5 de julho, em Lisboa. Por acreditar que …

Top Posts
LabCriativo / Editor

Mãe criativa transforma os aparelhos auditivos de crianças em super-heróis

Com um filho de 4 anos diagnosticado com surdez profunda e perda auditiva apenas alguns meses após seu nascimento, Sarah Ivermee …

Top Posts
LabCriativo / Editor