× Início Criatividade Economia Criativa Educação Inovação Aberta O Ecossistema Sobre o LabCriativo
× Direito Services Clients Contact

Aumento no consumo de jogos de tabuleiro fazem empresas crescerem

Produtos estão mais dinâmicos e tecnológicos

Tempo de leitura estimado: 2 min

Nos últimos cinco anos, o consumo de jogos de tabuleiro aumentou. O número de editoras pulou de 3 para 30. E esse crescimento deve-se ao desejo das pessoas de terem mais diversão em grupo, como nos velhos tempos.

Porém, os jogos de hoje estão bem mais sofisticados e dinâmicos que os de antigamente. Muitos envolvem tecnologia e aplicativos que guiam os jogadores, dão voz a personagens ou permitem a realidade aumentada.

Em 2009, dois colegas de faculdade que perceberam a tendência para o crescimento desse mercado, criaram a Galápagos Jogos, que teve um aumento de 700% em seu faturamento num período de quatro anos. R$ 2 milhões em 2013, a empresa passou a faturar R$ 16 milhões em 2017.

Os jogos que têm mais sucesso são os de franquias, que contam com personagens e enredos de séries ou filmes como Breaking Bad ou o Poderoso Chefão. Enquanto isso, os jogos com regras muito simples e que podem ser jogados facilmente online, como damas ou gamão, estão encalhando nas prateleiras.

Apesar dos jogos custarem em média R$ 150, a durabilidade e a possibilidade de revenda ajudam no crescimento do mercado. E esse avanço é bom não só para os fabricantes: na esteira desse crescimento, aumentam os estabelecimentos que comercializam os jogos, como bares e tabuleirias. Uma delas, a tabuleiria Lends Clubs, atingiu a meta de 50 jogadores associados em cinco meses – benefício que permite o acesso a mais de 400 jogos e entrada gratuita no estabelecimento por tempo ilimitado. A empresa já conseguiu aumentar o valor da mensalidade, entrou para o mercado de franquias e está chegando a quatro unidades no Brasil.

Postado em 20 de Dezembro de 2018 às 17:00

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Fundador e CEO do LabCriativo



Em alta
Últimas postagens

Veja também

Brasileiro é o maior colecionador de vinil do mundo

São mais de 5 milhões de discos na coleção do paulistano José Roberto Alves Freitas tem mais de 5 milhões de discos! Apaixonado por música desde muito novo, Zero Freitas, como também é conhecido, começou sua coleção aos 11 anos de idade ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Shutterstock publica relatório sobre as tendências criativas para 2019

Infográfico mostra o que causará impacto, com base em pesquisas de usuários Com base em bilhões de pesquisas de imagens, vídeos e músicas e downloads de clientes, a Shutterstock publicou seu Relatório Anual de Tendências Criativas para o ano de 2019. O ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Adesivo para tratamento de Alzheimer já está disponível no SUS

Formato diminui os efeitos colaterais do tratamento O Sistema Único de Saúde (SUS) já está distribuindo rivastigmina em forma de adesivo para pacientes de Alzheimer, doença neurodegenerativa sem cura conhecida. O remédio é um composto que aumenta a quantidade de acetilcolina, uma ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Cadeira feita de resíduos do oceano sugere a mobília do futuro

Não é apenas plástico reciclado – é economia circular, e é linda! Estonteante é a cadeira verde esmeralda, com luxuosos redemoinhos de mármore! Você poderia esperar que esta cadeira custa apenas US $ 100? E foi feito de redes oceânicas recicladas?Esta é a ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor

Episódio da série ‘Corações e mentes, escolas que transformam’ está disponível gratuitamente

Produção mostra práticas de escolas que abriram espaço para novas formas de educar, ser e conviver A volta às aulas é um momento oportuno para as escolas valorizarem o trabalho em equipe e o exercitarem junto a educadores, estudantes e suas famílias ...

Lucas Foster
LabCriativo / Editor