×
logo labcriativo
×

Pesquisadores da USP criam inovação de baixo custo para enfrentamento da Covid-19

Por meio da Poli, projeto disponibiliza respirador mais barato e feito em menos tempo para abastecer rede de saúde

Tempo de leitura estimado: 3 min

Um projeto de ventilador pulmonar mecânico está sendo desenvolvido por pesquisadores da Escola Politécnica da USP, a Poli, para auxiliar no tratamento do Covid-19. A ideia é disponibilizar a iniciativa para fabricantes autorizados, porém com o diferencial do ventilador ser feito de modo mais ágil e com valor reduzido.

Diante da necessidade e emergência de atender pacientes que foram e ainda serão contaminados pelo coronavírus, o corpo docente da Poli, estudiosos, alunos e a iniciativa privada estão criando um respirador que fique mais em conta do que o respirador típico à venda no mercado, que custa aproximadamente R$ 15 mil.

A ação da Poli pretende trazer um equipamento que custe cerca de mil reais. “Por suas características, o projeto irá viabilizar a construção de alguns milhares de ventiladores a partir de três semanas e ter milhares produzidos em cinco semanas”, disse o engenheiro Raul Gonzalez Lima, coordenador de um grupo de cerca de 40 pessoas que estão envolvidas na iniciativa.

De acordo com o engenheiro, o projeto funcionalidades tidas como necessárias ao tratamento do vírus de maneira simples e com velocidade de fabricação, uma vez que as peças para construir o produto estão disponíveis no mercado nacional. Gonzalez afirma que há diversas peças em estoque ou em distribuidoras e muitas deles estão acessíveis em quantidades promissoras.

Open Source

Uma das vantagens da iniciativa é que a licença do projeto é aberta para que interessados possam se apropriar da ideia sem arcar com custos. A entidade responsável pela fabricação dos ventiladores é a Anvisa, que irá vistoriar a produção dos ventiladores feita por empresas privadas. A entidade baixou uma portaria para estabelecer quais empresas podem fazer o produtos, uma vez que precisam de certificado para fazer equipamentos médicos.

Os pesquisadores desenvolveram um projeto que classificam como simples, mas que mantém, segundo testes de subsistemas, muitas funcionalidades em relação aos respiradores convencionais, normalmente usados nas unidades hospitalares no tratamento de síndrome de angústia respiratória. Gonzalez cita o controle de amplitude do pulmão, a frequência do ciclo respiratório, o controle do tempo de inspiração e expiração, e a mistura de ar com oxigênio. O trabalho da Poli prevê também o uso de softwares.

Segundo o engenheiro, o subsistema mecânico de inspiração e expiração já está sendo testado com sucesso e acrescenta que o projeto já está com os parâmetros básicos concluídos. Entre os colaboradores, um grupo é responsável pela tecnologia e outro atua na busca de fornecedores, montadores e financiadores. O engenheiro afirma que uma rede de auxílio que envolve até mesmo representantes da iniciativa privada foi mobilizada.

“Caso a necessidade de ventiladores seja maior do que o que os fabricantes dos equipamentos nacionais consigam manufaturar, estaremos prontos para produzir em poucas semanas. A expectativa é atender o pico da demanda provocado por esta pandemia”, relata Gonzalez.

De acordo com a Poli, esses são os números nacionais referentes aos respiradores:

  • Número de respiradores disponíveis (SUS + privados)

61.000

  • Respiradores anunciados pelo governo

20.000

  • Demanda estimada para covid-19 em final de abril (cenário otimista)

40.000

  • Demanda estimada para covid-19 em final de abril (cenário pessimista, sem isolamento social)

400.000

Confira o texto original no link.

Postado em March 30, 2020, 10:35 a.m.

Digital Disruption
Canal

Conheça e se inspire com soluções e inovações que simplificam a maneira como as pessoas se comunicam, produzem, ensinam e transmitem conhecimento.



Canais
  • Lucas Foster
    Head of Content

    Founder and Head of Content

  • Digital Disruption
    Canal

    Conheça e se inspire com soluções e inovações que simplificam a maneira como as pessoas se comunicam, produzem, ensinam e …

  • New World, New Skills
    Canal

    Apresentamos novas referências de como produzir melhor usando novas tecnologias e como trabalhar de forma mais consciente, levando em consideração …

  • Corp Meets Planet
    Canal

    Inspirar, trazer referências e instruir líderes e tomadores de decisões ampliando seu repertório com casos, ideias e notícias que comprovam …

  • LabCriativo
    Inspiração

    Redação do LabCriativo

Últimas postagens

Veja também

Cinco níveis de autonomia do trabalho descentralizado

Recentemente, tive a oportunidade de me sentar com Sam Harris, autor e apresentador do Making Sense podcast, para uma conversa abrangente. …

Como passar da diversidade para a inclusão?

Faça estas 4 perguntas a respeito das suas reuniões. Fazer pequenos ajustes nas suas reuniões - até mesmo mudando os lugares! …

Coronavírus: por que países liderados por mulheres se destacam no combate à pandemia?

Da Nova Zelândia à Alemanha, Taiwan ou Noruega, alguns países liderados por mulheres estão vendo relativamente menos mortes pela covid-19.E estas …

Aprender deve ser desconfortável

O processo que nosso líder no workshop nos pediu para seguir era bastante simples. Nós nos dividimos em pequenos grupos como …

A injusta realidade sobre como as pessoas criativas se tornam bem-sucedidas

Semana destas fui convidado para um jantar oferecido por um amigo. Dentre os convidados havia pessoas que eu admiro há anos. …