×
logo labcriativo
×

IBM usa super computador para desvendar Covid-19

Empresa se une ao Departamento de Energia dos EUA para identificar uma possível cura

Tempo de leitura estimado: 3 min

A tecnologia está no centro de avanços científicos há décadas. Há 16 anos, o super computador da IMB, chamado Blue Gene, foi um dos primeiros a atuar de modo decisivo no mapeamento do genoma humano. A descoberta ajudou a abrir portas para novas drogas e tratamentos. O Blue Gene simulou aproximadamente um por cento do córtex cerebral humano, algo em torno de 1,6 bilhão de neurônios com cerca de 9 trilhões de conexões. Isso possibilitou dimensionar de maneira mais precisa o mais complexo computador já inventado: o cérebro humano.

Mas alguns problemas requerem respostas mais imediatas e é por isso que o Departamento de Energia dos EUA anunciou um aliado poderoso para combater a epidemia de Covid-19, que passa por quase uma centena de países e todo continente, com exceção da Antártida. O aliado é o supercomputador IBM-built Summit.

Vírus infectam células ao grudarem nelas e, por meio de um espinho, injetam o próprio material genético nas hospedeiras. Quando pesquisadores tentam entender novos compostos biológicos, como um vírus, microorganismos precisam ser cultivados para que o comportamento seja estudado em laboratórios e assim haja compreensão de como agiriam na vida real. Contudo, esse é um longo e lento processo sem a ajuda de computadores que possam fazer simulações digitais para estreitar de variáveis em potencial, mas até nesse cenário há desafios.

Confira um vídeo em inglês que detalha um pouco melhor o processo do coronavírus logo abaixo:

As simulações podem examinar como variáveis diferentes reagem com vírus distintos, mas quando cada uma dessas invariáveis individuais podem ser feitas de milhões ou até bilhões de peças únicas de informações juntamente com a necessidade de realizar múltiplas simulações, isso pode rapidamente se tornar um processo intenso de uso de hardware.

Ao usar o Summit, pesquisadores foram capazes de simular 8 mil compostos em questão de dias para modelar o que de fato poderia impactar no processo de infecção do vírus em células sadias. Identificaram 77 pequenas moléculas, vindas de medicações e compostos naturais, que apresentaram o potencial de impedir o Covid-19 de infectar hospedeiras.

"O Summit era preciso para que rapidamente providenciasse os resultados que necessitamos. Levou um ou dois dias enquanto o tempo teria sido de meses se usássemos um computador normal", afirmou Jeremy Smith, reitor da Universidade do Tennessee, diretor do Centre Molecular de Biofísica UT/ORNL e um dos principais responsáveis pela pesquisa.

"Nossos resultados não significam que achamos a cura para o Covid-19. Nós temos muita esperança, no entanto, de que nossas descobertas computacionais irão informar estudos futuros e proporcionais que experimentalistas usarão para investigar mais profundamente esses compostos. Só assim saberemos se alguns deles exibiu características necessárias para mitigar o vírus."

O computador deu aos pesquisadores uma capacidade de processamento enorme de dados, catapultada por um sistema da IBM que é mais poderoso do que um milhão de laptops de alto padrão. Desde que iniciou as atividades como o computador mais poderoso de 2018, o Summit se mostrou importantíssimo para desenvolver pesquisas que ajudaram a entender melhor as origens do universo, a entender a crise de opioides e ao mostrar como humanos poderiam aterrissar em Marte.

O Summit foi criado pela IBM como testamento da dedicação dos colaboradores da empresa e parceiros focados em romper barreiras com tecnologia para aprimorar a vida humana.

Leia o texto original aqui.

Postado em March 27, 2020, 3:51 p.m.

Digital Disruption
Canal

Conheça e se inspire com soluções e inovações que simplificam a maneira como as pessoas se comunicam, produzem, ensinam e transmitem conhecimento.



Canais
  • Lucas Foster
    Head of Content

    Founder and Head of Content

  • Digital Disruption
    Canal

    Conheça e se inspire com soluções e inovações que simplificam a maneira como as pessoas se comunicam, produzem, ensinam e …

  • New World, New Skills
    Canal

    Apresentamos novas referências de como produzir melhor usando novas tecnologias e como trabalhar de forma mais consciente, levando em consideração …

  • Corp Meets Planet
    Canal

    Inspirar, trazer referências e instruir líderes e tomadores de decisões ampliando seu repertório com casos, ideias e notícias que comprovam …

  • LabCriativo
    Inspiração

    Redação do LabCriativo

Últimas postagens

Veja também

Cinco níveis de autonomia do trabalho descentralizado

Recentemente, tive a oportunidade de me sentar com Sam Harris, autor e apresentador do Making Sense podcast, para uma conversa abrangente. …

Como passar da diversidade para a inclusão?

Faça estas 4 perguntas a respeito das suas reuniões. Fazer pequenos ajustes nas suas reuniões - até mesmo mudando os lugares! …

Coronavírus: por que países liderados por mulheres se destacam no combate à pandemia?

Da Nova Zelândia à Alemanha, Taiwan ou Noruega, alguns países liderados por mulheres estão vendo relativamente menos mortes pela covid-19.E estas …

Aprender deve ser desconfortável

O processo que nosso líder no workshop nos pediu para seguir era bastante simples. Nós nos dividimos em pequenos grupos como …

A injusta realidade sobre como as pessoas criativas se tornam bem-sucedidas

Semana destas fui convidado para um jantar oferecido por um amigo. Dentre os convidados havia pessoas que eu admiro há anos. …