×
logo labcriativo
×

Chega ao Brasil Whatsapp Pay

Ao longo dos próximos dias, os usuários do WhatsApp no Brasil passarão a ter acesso à função de transações financeiras no aplicativo. Pela plataforma, as pessoas poderão transferir dinheiro para seus contatos da mesma forma que enviam mensagens e fotos.

Tempo de leitura estimado: 4 min

Embora o WhatsApp seja uma ferramenta familiar para os brasileiros, a partir de agora, o Facebook e seus parceiros terão o desafio de apresentar às pessoas a nova funcionalidade e sanar as eventuais dúvidas existentes acerca da segurança em utilizar o app para enviar ou receber dinheiro. Para esse processo, a plataforma social e as empresas financeiras trabalharam em conjunto para definir um plano de comunicação que seguisse a mesma diretriz. O WhatsApp preparou alguns materiais para apresentar a funcionalidade aos usuários de sua base.

A funcionalidade vem sendo preparada pelo Facebook – e por seus parceiros do projeto no País – ao longo dos últimos dois anos. O serviço chegou a ser anunciado no País em junho de 2020, mas a Superintendência Geral do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e o Banco Central do Brasil suspenderma o acordo entre a plataforma e as instituições financeiras, alegando dúvidas sobre a natureza do negócio. A autorização para o lançamento do WhatsApp Pay foi realizada no último dia 30 de março.

Nessa primeira fase, o serviço será habilitado para usuários do WhatsApp fazerem transações com cartões de débito, pré-pago ou combo do Banco do Brasil, Banco Inter, Bradesco, Itaú, Mercado pago, Next, Nubank, Sicredi e Woop Sicredi, com as bandeiras Visa e Mastercard. Por enquanto, a Cielo é a única operadora parceira do WhatsApp Pay, mas outras empresas poderão ser incorporadas ao projeto. As pessoas poderão enviar até R$ 1 mil por transações e receber até 20 transações por dia, desde que totalizem, no máximo, R$ 5 mil por mês. Cada banco, no entanto, poderá estabelecer um limite menor para as transações.

Com a Cielo, operadora parceira do WhatsApp Pay, os últimos meses fora de várias conversas e construção de estratégia para apresentar a funcionalidade ao público. “Por ser algo novo tanto para nós quanto para o Facebook houve muito cuidado e preocupação com o usuário. Toda a estratégia de comunicação foi realizada de forma cuidadosa, priorizando o tom educativo para mostrar que a ferramenta é simples e intuitiva”, explica Thalita Martorelli, diretora executiva interina da Cielo. Todo o material produzido pela companhia foi aprovado e avaliado pelo Facebook, que auxiliou no processo de alinhamento das peças publicitárias.

Também parceira da plataforma no WhatsApp Pay, a Mastercard preparou uma estratégia de comunicação que pretende ir além do tom educacional e reforçar a conexão com os consumidores. “Além de abordarmos características e funcionalidades do produto, explicando como os consumidores poderão utilizar essa nova forma de fazer transferências e reforçando os benefícios e a segurança que eles terão ao utilizar seu cartão Mastercard. Destacaremos o impacto positivo que cada transferência pode ter para a sociedade”, explica Sarah Buchwitz, vice-presidente de marketing e comunicação da Mastercard Brasil.

Transação solidária
Nessa fase de lançamento da função, a Mastercard começou a trabalhar o conceito “Faça Parte: Comece o que não tem preço”, que destinará R$ 0,02 a cada transação financeira realizada no WhatsApp para pessoas e situações de vulnerabilidade social por conta da pandemia de Covid-19. A comunicação das peças já teve início no site e redes sociais da empresa, que destacam, além do viés solidário, a facilidade de poder enviar e receber dinheiro entre amigos e familiares.

A Cielo também escolheu as redes sociais como o território da primeira fase da campanha de comunicação do serviço WhatsApp Pay. Em seus canais nas plataformas digitais, a empresa já começou a exibir vídeos que, de forma didática, procuram mostrar como fazer pagamentos e transferências entre os contatos do aplicativo de mensagens. Segundo Thalita, nessa primeira fase, o material publicitário reforça a segurança nas transações. “A Cielo já conseguiu desenvolver a confiança como um de seus principais atributos. Então, quisemos usar isso para mostrar como o serviço vai funcionar, como é possível convidar os amigos para usar a funcionalidade, sempre reforçando os pilares da simplicidade, segurança e confiança”, diz a executiva da Cielo.

Após essa fase inicial da campanha, a estratégia de marketing da empresa mudará um pouco. Assim que for habilitada a funcionalidade de transações via WhatsApp para lojistas e varejistas, as campanhas da companhia serão focadas nesses segmentos.  A executiva da Cielo explica que, pelo fato de a empresa já ter se apresentado como parceira tanto das grandes redes de varejo como dos pequenos empreendedores, a ideia será transmitir a mensagem de que as transações via WhatsApp tornarão o cotidiano desses lojistas ainda mais fácil. “Reforçaremos nosso conceito de vida mais digi”, promete a diretora executiva. Ainda não há, no entanto, uma data exata para a habilitação dessa funcionalidade no WhatsApp Pay.

Postado em May 7, 2021, 4:12 p.m.

Digital Disruption
Canal

Conheça e se inspire com soluções e inovações que simplificam a maneira como as pessoas se comunicam, produzem, ensinam e transmitem conhecimento.



Canais
  • Lucas Foster |
    Partner, LabCriativo

    Especialista em criatividade e empresário da economia criativa

  • Digital Disruption
    Canal

    Conheça e se inspire com soluções e inovações que simplificam a maneira como as pessoas se comunicam, produzem, ensinam e …

  • New World, New Skills
    Canal

    Apresentamos novas referências de como produzir melhor usando novas tecnologias e como trabalhar de forma mais consciente, levando em consideração …

  • Corp Meets Planet
    Canal

    Inspirar, trazer referências e instruir líderes e tomadores de decisões ampliando seu repertório com casos, ideias e notícias que comprovam …

  • LabCriativo
    | Destaques

    Redação do LabCriativo

Últimas postagens

Veja também

Nasce o motor elétrico independente de terras-raras

Inovação alemã torna produção global menos dependente da China, responsável por 90% da produção dos metais de terras-raras. A Mahle anunciou …

Facebook está investindo US$1 bilhão em criadores

O dono das maiores redes sociais do mundo está implementando programas de bônus para criadores de conteúdo. Até o fim de …

Trouxemos 8 dicas para você fazer mais e melhor

Os princípios mais importantes que você pode seguir para o crescimento do corpo e da mente. Inspirado por Ray Dalio e …