×
logo labcriativo
×

5G irá ressignificar a conectividade

A tecnologia de transmissão de dados será ampliada, mas o que isso quer dizer em termos de mudanças?

Tempo de leitura estimado: 4 min

O serviço de dados para aparelhos celulares atual ainda é algo que oscila. As capacidades técnicas dos telefones no que se refere ao uso de internet ainda precisam de adaptações e melhorias que tornam a vinda do 5G muito atraente.

Tratado como um serviço telefônico mais confiável e rápido, o recurso se propõe a catapultar o modo como a próxima geração se conecta via celular. No entanto, o 5G demandará todo um repensar de como os produtos são construídos e como oferecem oportunidades de inovação.

O 5G será o próximo passo da evolução da conectividade. Antes de prosseguir, prestemos atenção à realidade. Os precursores da tecnologia são:

1G – Disponível ao público em 1980. Possibilitava conexões de voz.

2G – Agregou serviços que já envolviam dados como o SMS e alguns aplicativos básicos pré-instalados.

3G – Incrementou a capacidade de banda e pavimentou o caminho para recursos , produtos e serviços mais avançados.

4G – Uma rede que por definição providenciou velocidade à internet. A maioria dos provedores não chega aos 100 mega bytes por ser segundo e oferecem uma versão maior que o 3G, mas que não chega ao limite da capacidade.

5G – Algumas empresas realizaram testes em 2019, mas o 5G ainda está em desenvolvimento e não deve ser lançado antes do final de 2020. Só nos resta planejar a melhor maneira de explorar o potencial do que está por vir.

A inovação lida com três raios para otimizar a velocidade e a confiança na rede. O espectro mais alto que alcança é chamado de onda milimétrica, a frequência WiFi é super ágil ao transmitir dados limitados a um raio vindo de uma antena, por exemplo.

Para maior amplitude, a rede emite frequências de bandas médias e baixas e possibilita cobertura em áreas remotas. A previsão é que seja proporcionada a transmissão de 1.8Gb a 20Gb por segundo. Algo que é em média de 5 a 30 vezes mais rápido do que a média dos telefones atuais.

Além da latência do sinal superar entre 10 e 100 vezes a que é usada hoje em dia, a presença de três espectros de raio permitirá que mais aparelhos se conectem a uma antena simultaneamente em 100 vezes também.

A magnitude de alcance é o grande impacto que a tecnologia oferece. A experiência ao lidar com o 5G ainda será revelada porque uma previsão mais acurada das possibilidades só será mais crível mediante a liberação da tecnologia.

À princípio, designers, desenvolvedores e gerentes de produtos terão grande parte das limitações removidas. Por exemplo, hoje um designer leva em conta quanto uma transição animada irá trazer de peso de informação ao criar um projeto para não sobrecarregá-lo. Esse problema some com o 5G.

Com o aprimoramento de velocidade, o fluxo de informação altera a noção do que é convencional na internet e a interatividade com produtos e aplicativos evolui. Pense sobre como os diálogos foram alterados com a vinda dos emojis ou como a logística mudou com a possibilidade de direções mais precisas. Apenas considere o quanto as vidas já se transformaram com a presença do 1G.

A ampliação de banda do 5G enriquecerá experiências. Se hoje nossos aparelhos exibem o Youtube, o que mais será permitido veicular com um acréscimo de velocidade tão expressivo? Imagine a hipótese de assistir a um festival de música da primeira fila com visão em 360 graus só que da sua sala de estar. Talvez um médico possa realizar cirurgias à distância com o auxílio de um robô. As possibilidades são infinitas.

Para que a tecnologia encontre espaço para deslanchar, uma série de reestruturações serão construídas, assim como um gradativo upgrade de aparelhos. Nos próximos anos, diversos locais que aproveitam os serviços do 3G ou 4G serão inundados pela novidade que definirá o conceito de experiência digital.

Portanto, o que precisa entrar em debate são os fatores que tornam essa acessibilidade possível. Com tais mudanças radicais adiante, claro, vem o risco de alguma comunidades ficarem relegadas ao ostracismo com indivíduos sem os meios para adotar o avanço por razões financeiras, geográficas, entre outras. Isso mostra que a inovação em questão precisa ser examinada por essa perspectiva: de que modo ela pode contribuir com a vida das pessoas?

*Confira o texto original aqui.

Postado em March 20, 2020, 1 p.m.

Digital Disruption
Canal

Conheça e se inspire com soluções e inovações que simplificam a maneira como as pessoas se comunicam, produzem, ensinam e transmitem conhecimento.



Canais
  • Lucas Foster
    Head of Content

    Founder and Head of Content

  • Digital Disruption
    Canal

    Conheça e se inspire com soluções e inovações que simplificam a maneira como as pessoas se comunicam, produzem, ensinam e …

  • New World, New Skills
    Canal

    Apresentamos novas referências de como produzir melhor usando novas tecnologias e como trabalhar de forma mais consciente, levando em consideração …

  • Corp Meets Planet
    Canal

    Inspirar, trazer referências e instruir líderes e tomadores de decisões ampliando seu repertório com casos, ideias e notícias que comprovam …

  • LabCriativo
    Inspiração

    Redação do LabCriativo

Últimas postagens

Veja também

O aplicativo matador na transformação digital é a conexão humana

A transformação digital não é mais uma opção. Toda organização sabe que deve se tornar um líder digital para sobreviver e …

Como manter a sua rede de contatos quando não há eventos de networking

Todos conhecemos as formas típicas de networking: participando de encontros da indústria, jantares de negócios e conferências. Mas é claro que …

Como melhorar a comunicação entre gerações no local de trabalho

Aqui estão cinco estratégias para aumentar a eficiência, a clareza e a qualidade da comunicação entre as gerações no ambiente de …

Por que agora é a hora da "inovação aberta"

Em meio à melancolia e desgraça dos primeiros meses da crise do Covid-19, algo surpreendentemente animador começou a acontecer: as empresas …

Excelência no atendimento ao cliente no novo normal

Depois de vários meses abrigados em casa, perdas de negócios surpreendentes e alta no desemprego, estamos lenta e cautelosamente reabrindo.Em minhas …