×
logo labcriativo
×

Clubhouse: 10 possibilidades para você usar melhor a plataforma

Publicamos a visão de Gui Junqueira, CEO da Gama Academy, para potencializar o seu negócio através da plataforma

Tempo de leitura estimado: 4 min

#1 Comunnity Building

O Futuro dos negócios está na criação de micro -comunidades que para serem orgânicas e engajadas precisam somente de dois elementos que o Clubhouse entrega perfeitamente:

Liderança :(através do papel dos moderadores de salas)

Canal de Comunicação : (CH deixa whatsapp, discord e telegram no chinelo )

Ecossistemas vs. Ecossistemas

Nossa Causa vs. Minha empresa

#2 Serendipity Place


A pandemia afastou encontros, networking, encontros casuais, coworkinngs e meetups. O Clubhouse conseguiu de forma simples aproximar amigos e conhecidos que há tempos não se falavam de maneira fluida, oportunizando insights e oportunidades de negócios. Ou seja uma, uma feliz descoberta ao acaso ou a sorte de encontrar algo precioso onde não estavámos procurando.

Acaso vs. intencional

Faísca orgânica vs. interesse unilateral

#3 Second Screen


Quanto vale assistir um jogo do seu time na tv, mas ouvir a narração e os torcedores do seu time no ClubHouse ? E assistir um BBB ouvindo comentários do Hugo Gloss de host no Cb? E dar play ao mesmo tempo em um filme do netflix junto com os amigos que moram em outros países comentando via ClubHouse ? Tudo isso é SEGUNDA TELA.


Juntos vs. separados

Twitter trends vs. Features rooms

#4 Celebridades Patrocinadas

ClubHouse é sobre pessoas e clubes (temas) então minha aposta é que diferente do Tiktok ou Snapchat que as marcas criaram seus perfis, acho que os melhores resultados virão de parcerias patrocinadas, onde um artista é host, pra trocar ideias sobre um tema arredia da marca que tá bancando. Isso não lembra o boom das marcas sertanejas do Youtube? Então, no CH terá isso diariamente.


Embaixadores vs. Company Page

Contéudo relevante vs. Arrasta pra cima


#5 Customer Experiencie


E se ao invés de você usar um Chatbot da marca de telecom X, você entra em uma sala da empresa no ClubHouse, levanta mão, aguarda sua vez de falar e tira sua dúvida ou solicita o seu serviço? E se ao lançar um produto o Q&A com clientes, jornalistas, fornecedores, fossem em uma sala do CH.


Atendimento Humanizado vs. Chatboring


Foco na solução vs. Centralização e processos

#6 Reinvenção dos Eventos


Eventos sofreram na Pandemia, se reinventaram com super produções mestres de cerimônia, famosos e lives que pareciam canal de tv. Mas eles não conseguiram reproduzir a hora do coffebreak, o papo no corredor, a troca de cartão nos stands. No Clubhouse o networking acontece, o contéudo é rico afinal você consegue acessar grandes nomes facilmente. E a Ux é facil ( não tem nem fila para estacionar.


Expectadores passivos vs. Ouvintes participativos

Só assisto vs. Ouço falo e me conecto .

#7 Terceirização da Escolha

Podcasts cresceram exponencialmente. Muitas pessoas gostam de correr ouvindo podcasts, mas antes disso precisam escolher o que ouvir. E depois que acaba o episódio também escolher o próximo. No Clubhouse você pode entrar em uma sala do seu interesse, minimizar o app, guardar no bolso e correr ouvindo tudo nos seus fones. Quantos de vocês não gastam mais tempo escolhendo o que assitir no netflix do que de fato assistindo


Podcast x RoomCast

Librianos vs. Unidunitê

#8 Clubes privados pagos


Todos os usuários podem criar salas ilimitadas. Mas ter um clube ( tipo um grupo no facebook) Só pra quem submete no form e é aprovado.Só um por cpf, a vantagem é que o clube é fixo e atemporal uma sala (tipo uma live) não. Então a minha aposta é que haverá cobrança para quem quiser ser membro (pode criar salas) em determinados clubes e free para apenas seguidor ( só assiste) . Pensa você ser membro do clube de investimentos do Primo Rico, e poder fazer uma sala para discurtir o IPO da Mosaico (dona do Buscapé, Zoom e Bondfaro ) Será que iria bombar ?

Vitrine para os membros em troca de assinatura recorrente

#9 Criadores e Hosts


Diferente do que se imagina no Instagrame Tiktok a maioria dos criadores e hosts de salas no programa piloto do Clubhouse são pessoas entre 40 e 50 anos. Catharine Connors por exemplo tem 50 anos e pilota 2 talks semanais que bombam. Então anônimos fora dos estereótipo photohype, com contéudo relevante e jogo de cintura teram muito espaço e a CB promete remunerar bem esses criadores em breve. Além disso jornalistas e comunicadores tendem a ter muita visibilidade como entrevistadores como Josh Constine por exemplo.

Moderador vs. Influenciador

#10 Poder do Quietos

Gosto muito do livro poder dos quietos que comprova que pessoas timidas são melhores alunos e líderes. Simplesmente porque tem uma capacidade de ouvir muito maior. Pois bem, se a grande dificuldade dos tímidos é se expor o ClubHouse é o lugar certo para se desenvolver. Lá você está de igual para igual com grandes nomes, pode se apresentar e trocar ideias facilmente, só mandando audio, sem camêras, sem ficar gravado sem filtros e sem edição ou seja , sem medo.


Falar vs. Ouvir

Tímidos vs Falantes

Postado em Feb. 6, 2021, 11:23 a.m.

Lucas Foster
CEO, LabCriativo

Especialista em criatividade e empresário da economia criativa



Canais
  • Lucas Foster
    CEO, LabCriativo

    Especialista em criatividade e empresário da economia criativa

  • Digital Disruption
    Canal

    Conheça e se inspire com soluções e inovações que simplificam a maneira como as pessoas se comunicam, produzem, ensinam e …

  • New World, New Skills
    Canal

    Apresentamos novas referências de como produzir melhor usando novas tecnologias e como trabalhar de forma mais consciente, levando em consideração …

  • Corp Meets Planet
    Canal

    Inspirar, trazer referências e instruir líderes e tomadores de decisões ampliando seu repertório com casos, ideias e notícias que comprovam …

  • LabCriativo
    Quem somos

    Redação do LabCriativo

Últimas postagens

Veja também

Conheça os temas do WCD 2021: Pensamento Analítico e Inovação

Desde os primórdios até os dias de hoje, o homem pensa e age de acordo com suas necessidades de sobrevivência, liberdade …

LabCriativo
Quem somos

Conheça os Temas do WCD 2021: Arte, técnicas e expressões artísticas

Segundo o Fórum Econômico Mundial, a criatividade é uma extensão do desejo natural dos bebês de compartilhar e de se comunicarem. …

LabCriativo
Quem somos

Conheça os temas do WCD 2021: Resiliência, tolerância ao estresse e flexibilidade

Desenvolver novas habilidades será fundamental para garantir oportunidades no mercado de trabalho ou empreender. Devido a isso, o Fórum Econômico Mundial …

LabCriativo
Quem somos

Bradesco mostra ofensas à sua assistente virtual em campanha de combate ao assédio

Banco comunica que sua ferramenta de inteligência artificial terá respostas firmes e contundentes para combater situações desrespeitosas. Em 2020, a BIA, …