×
logo labcriativo
×

Rara máquina de escrever dos anos 50 imprime partituras musicais

Tempo de leitura estimado: 2 min

A maioria dos compositores gosta de manuscrever suas partituras, mas ao longo dos anos foram criados todos os tipos de máquinas para ajudar na impressão de músicas. Talvez uma das mais legais seja a Keaton Music Typewriter. Criada por Robert H. Keaton, de San Francisco, Califórnia, em 1936, ela definitivamente não parece uma máquina de escrever comum.

A patente original era de uma máquina de escrever de 14 teclas, que foi então atualizada para 33 chaves em uma patente melhorada de 1953. Comercializada na década de 1950 e vendida por cerca de US$ 255, a máquina tem um visual distinto graças ao seu teclado circular. Ao criar seu design, Keaton estava procurando criar algo que fosse capaz de imprimir caracteres com precisão na pauta.

Em termos de engenharia, graças a um medidor curvo à esquerda que Keaton chamou de Indicador de Deslocamento de Escala, é fácil controlar exatamente onde as notas e os caracteres vão aparecer na página. Ao mover a alça para cima ou para baixo, a máquina de escrever se ajusta para imprimir 1/24 de polegada em qualquer direção. Mover um ponto para cima ou para baixo fará com que o caractere caia um passo musical de qualquer maneira.

Para se certificar de que os músicos pudessem ver onde eles estavam prestes a imprimir, Keaton incluiu uma agulha longa ao lado da fita que não deixa nada ao acaso. Devido à natureza do nicho do produto, não está claro se foi um grande sucesso comercial. Agora, a Keaton Music Typewriter é um item de colecionador adorado e pode até ser encontrado no eBay, bem como em outros leilões online. Seu belo design e apelo nostálgico para a era pré-digital certamente o tornam uma invenção digna de redescoberta.

Postado em June 4, 2019, 1 p.m.

Originals Network
LabCriativo / Editor



Em alta
Últimas postagens

Veja também

LEGO lança sua primeira campanha de marca em 30 anos

Depois de três décadas sem anúncios de publicidade, a LEGO acaba de lançar uma campanha de branding, convocando a sociedade a …

Originals Network
LabCriativo / Editor

Startup movimenta R$ 250 milhões ao ano unindo economia criativa a pequenos e médios empreendedores

Enquanto o desemprego no Brasil atinge cerca de 13 milhões de pessoas, mais de 24 milhões de trabalhadores apostam na informalidade, …

Originals Network
LabCriativo / Editor

Artistas japoneses criam uma inacreditável instalação de ondas do mar dentro de uma sala

Haruka Kojin, Kenji Minamigawa e Hirofumi Masui, membros do coletivo de artistas japonês 目 (pronuncia-se Mé, que significa “olho”), são os …

Originals Network
LabCriativo / Editor

Saiba quais são as marcas mais valiosas do Brasil em 2019, segundo a Interbrand

Magalu e Localiza foram as mais valorizadas enquanto Cielo e BTG Pactual perderam mais valor. O Ranking das Marcas Brasileiras Mais …

Originals Network
LabCriativo / Editor