×
×

E a tal da "curiosidade": qual a importância dela pra gente?

Tempo de leitura estimado: 2 min

Há alguns dias atrás recebi uma pesquisa sobre a "CURIOSIDADE".

O pessoal da Merck Group fez uma pesquisa muito legal sobre este tema e eles levantaram insights e 'curiosidades' sobre 'curiosidade' (seria uma meta pesquisa? rs.).

Encontraram então resultados como:

- 72% das pessoas altamente curiosas consideram que a curiosidade pode auxiliar em pesquisas sobre o câncer, enquanto apenas 41% das pessoas com baixo nível de curiosidade acreditam no mesmo.

No report eles conectam ainda os dados sobre 'curiosidade' a questões empresariais/profissionais, como:

- quanto maior o número de colaboradores na empresa, mais intensa é a percepção - e a correlação - entre curiosidade e inovação.

Além de porte, alguns dos resultados apresentados são segmentados também pela geração dos respondentes (Z, Millennials, etc.) e setor de atuação da empresa.

Ficou curioso (rs)? O link para o estudo completo está aqui.

Ah, mas antes, uma 'curiosidade' pra encerrar: em seu livro "Tribos", Seth Godin dedica um trecho a falar da curiosidade.

Ele diz que diferente de uma pessoa "fundamentalista" (que acredita cegamente e profundamente em algo antes de explorá-lo), uma pessoa curiosa explora diversos caminhos, ideias, novos conceitos, etc., e então considera se quer ou não aceitar algo (uma ideia, um projeto, um novo produto, etc.).

Para Godin, curiosidade é um desejo de entender, um desejo de tentar, um desejo de atingir os limites de qualquer coisa que seja interessante. Não fazer nada é algo que o curioso não consegue suportar.

Mas, o autor realça que é não é fácil que alguém simplesmente se torne um curioso: "durante sete, dez ou quinze anos na escola exigem que você não seja curioso. Vez após outra, os curiosos são punidos. Então, não acredito que a questão aqui seja dizer uma palavra mágica; boom e então de repente algo acontece e você se torna um curioso. Trata-se de um processo onde você começa a encontrar a sua voz e, finalmente, você começa a se dar conta de que a coisa mais segura que você pode fazer parece bem arriscada e, por outro lado, a coisa mais ARRISCADA que você pode fazer é optar pelo modo SEGURO (o tal do status quo)".

Ou seja: CURIOSIDADE é sobre se arriscar! É sobre tomar a iniciativa! É sobre perguntar! É sobre liderar!

Postado em 5 de Abril de 2019 às 14:04

Iara Vianna
LabCriativo / Creator



Em alta
Últimas postagens

Veja também

Terminal desativado em aeroporto ganha nova vida e vira hotel de luxo retrô

O Aeroporto Internacional de Nova York, John F. Kennedy, inaugurou no dia 15 de maio de 2019, seu primeiro hotel interno …

Top Posts
LabCriativo / Editor

Lucas Foster faz palestra no Rock in Rio Innovation Week 2019

Com foco no desenvolvimento humano, segunda edição do evento ocorre de 2 a 5 de julho, em Lisboa. Por acreditar que …

Top Posts
LabCriativo / Editor

Mãe criativa transforma os aparelhos auditivos de crianças em super-heróis

Com um filho de 4 anos diagnosticado com surdez profunda e perda auditiva apenas alguns meses após seu nascimento, Sarah Ivermee …

Top Posts
LabCriativo / Editor