×
logo labcriativo
×

Atletas vão desfilar de Havaianas na abertura das Olimpíadas de Tóquio

Contrato vem como um alívio para o COB após anos de restrições de patrocínio.

Tempo de leitura estimado: 2 min

Na próxima na Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio, os atletas brasileiros entrarão utilizando os chinelos da Havaianas, graças ao contrato de patrocínio com o Comitê Olímpico do Brasil (COB) e com o Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB), mas nesse caso o uso depende do lançamento de produtos para amputados, ainda sem previsão.

De 2009 a 2016 o comitê foi proibido de firmar contratos de patrocínio e recebia uma parcela do dinheiro de patrocínio recebido do Comitê Organizador, o motivo foi o Rio de Janeiro ser sede das Olimpíadas, essa proibição é chamada de "máscara olímpica". Depois desse período, a COB não possuía nenhum patrocinador e passou pelo escândalo da prisão de seu presidente Carlos Arthur Nuzman. Além das permutas, R$ 4,9 milhões da Estácio, R$ 2,6 milhões da Peak (fornecedora de material esportivo) e R$ 1,7 milhão da Travel Ace, os únicos contratos recebidos foram da Coca-Cola, Ajinomoto e Menji, somando R$ 1,2 milhão.

O acordo com a marca inclui pagamento em dinheiro, mas o valor ainda não foi divulgado. Além do uso dos chinelos na abertura, a empresa vai lançar produtos oficiais do Time Brasil, rendendo royalties para o comitê. No ano passado o anúncio foi com a marca Wöllner, também relacionado ao uso na abertura do evento, contudo, nesse caso o pagamento em dinheiro não está incluso, apenas o fornecimento de 100 mil reais em roupas que devem ser usadas durante os Jogos, com exceção dos períodos de competição, onde devem usar vestimentas de seus fornecedores esportivos.

Além disso, tanto COB quanto CPB decidiram não manter contrato com a Nike e passar a produzir seu próprio material esportivo.

As Olimpíadas de Tóquio deveriam acontecer no ano de 2020, contudo, devido a pandemia de Covid-19, foi adiada para 2021 e está prevista para começar no dia 23 de julho e acabar no dia 8 de agosto do mesmo ano.


Adaptado do UOL pelo Lab Criativo.

Postado em July 16, 2021, 1:06 a.m.

LabCriativo
| Destaques

Redação do LabCriativo



Canais
  • Lucas Foster |
    Partner, LabCriativo

    Especialista em criatividade e empresário da economia criativa

  • Digital Disruption
    Canal

    Conheça e se inspire com soluções e inovações que simplificam a maneira como as pessoas se comunicam, produzem, ensinam e …

  • New World, New Skills
    Canal

    Apresentamos novas referências de como produzir melhor usando novas tecnologias e como trabalhar de forma mais consciente, levando em consideração …

  • Corp Meets Planet
    Canal

    Inspirar, trazer referências e instruir líderes e tomadores de decisões ampliando seu repertório com casos, ideias e notícias que comprovam …

  • LabCriativo
    | Destaques

    Redação do LabCriativo

Últimas postagens

Veja também

Nasce o motor elétrico independente de terras-raras

Inovação alemã torna produção global menos dependente da China, responsável por 90% da produção dos metais de terras-raras. A Mahle anunciou …

Facebook está investindo US$1 bilhão em criadores

O dono das maiores redes sociais do mundo está implementando programas de bônus para criadores de conteúdo. Até o fim de …

Trouxemos 8 dicas para você fazer mais e melhor

Os princípios mais importantes que você pode seguir para o crescimento do corpo e da mente. Inspirado por Ray Dalio e …