×
logo labcriativo
×

Conheça os temas do WCD 2021: Liderança e Influência social

Tempo de leitura estimado: 5 min

Conheça os temas do WCD 2021: Liderança e Influência social categoria “Liderança e Influência Social” apoia-se numa das 10 competências apontadas pelo Fórum Econômico Mundial, que divulga o relatório “The Future of Jobs Report” a cada dois anos sobre tendências para o mundo do trabalho. No último relatório (2020-2022), o Fórum agregou o termo Influência Social a essa competência “Liderança”, que sugere uma nova percepção do que se espera do líder do futuro. 

Se consultarmos o dicionário Michaelis, a palavra “Liderança” diz respeito à função do líder, revela autoridade e pessoa com espírito de ascendência. E o que é um “Líder”? Conforme o mesmo dicionário, representa uma pessoa com poder de decidir, de se fazer obedecer; com capacidade de influenciar nas ideias e ações de outras pessoas. Também pode ser o representante de um partido política; que comanda um movimento popular, pode ser uma pessoa que representa uma bancada parlamentar num assembleia ou ainda alguém que ocupe a primeira posição num campeonato.

Se formos para o mundo do trabalho, a liderança é explicada como a capacidade de sensibilizar e engajar pessoas para se atingir metas específicas, gerando crescimento para as pessoas envolvidas no processo. E muito tem se investido em identificar, selecionar e qualificar líderes nos mais diversos tipos de organizações, e em comum as organizações acreditam que liderar está fortemente associado a empreender, inovar e comunicar-se.

Agora, precisamos refletir sobre a capacidade de liderar no mundo VUCA, termo que nasceu do a acrônimo das palavras em inglês Volatility, Uncertainty, Complexity e Ambiguity . Uma tradução para o português ficaria VICA: volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade. Ou ainda liderar no mundo MUVUCA, acrescentando Meaningful (Significativo) e Universal (Universal). Estas características aponta para um mundo repleto de incertezas, complexo, globalizado, instável e que ainda precisamos nos desenvolvermos como humanidade sem esgotar nossos recursos não-renováveis e com propósito, sem tantas doenças mentais e todos os tipos de colapsos.

Esse mundo complexo e conectado justifica pensar nessa relação entre liderança e influência social, uma vez que tantos líderes se destacaram a partir de um contexto bem favorável àquela liderança. A exemplo de Jesus Cristo, Martin Luther King, Hitler, Churchill, Steve Jobs, Nelson Mandela entre tantos ouros, cujos contextos históricos conectavam com suas causas, fazendo algum sentido naquele momento. A obediência dos alemães aquela liderança responsável pelo maior genocídio do século passado impulsionou, por exemplo, vários cientistas sociais a compreender o papel da liderança e da obediência a partir da Psicologia Social.

Atualmente, o psicólogo social Robert Cialdini é um dos principais pesquisadores que investiga o poder da influência social no mundo, estuda influência e persuasão há mais de três décadas e define persuasão como a capacidade de mover as pessoas na direção que desejamos. Autor de muitos livros, dentre eles o best-seller “As armas da persuasão”, que apresenta seis princípios que atuam nas relações humanas de forma a influenciar o comportamento das pessoas: reciprocidade, afinidade ou amizade, consenso, autoridade, consistência e escassez. 

Nos últimos anos, ele identificou dois outros aspectos que também possuem bastante influência sobre a maneira das pessoas se comportarem, o poder da união, em outras palavras a influência das conexões sociais e o poder da co-criação, quando a pessoa se sente fazendo parte daquilo que está fazendo ou criando, gerando responsabilidade e pertencimento.

A capacidade de liderar nesse mundo complexo e uma demanda constante por inovação envolve criatividade, pensamento crítico, ser capaz de resolver problemas e de cooperar e estar confortável com as incertezas, colaborar e orientar equipe, estabelecendo conexões sociais. 

A intenção aqui apresentada não é esgotar o tema, mas conhecer e explorar o poder de influenciar que um líder possui numa perspectiva teórica e conceitual. E para ilustrar a amplitude de assuntos e conteúdos que podem ser explorados nessa categoria, apresentamos a seguir os temas de estudo e aplicação do Laboratório de Psicologia Social da Universidade de Brasília –INFLUÊNCIA: 

  • Comportamento do Consumidor: Nudges, Persuasão, Influência da Mídia, Tomada de Decisão, Reclamações, Publicidade, Gestão Financeira, Economia Comportamental.
  • Ambiente: Promoção do Uso Sustentável de Recursos, Dilemas sociais, Atitudes Pró-Ambientais, Comunicação Ambiental, Responsabilidade Social.
  • Segurança Pública: Prevenção Criminal, Comportamento Anti-Social e Delitivo, Negociação em Crise, Criminologia Ambiental, Perfis Criminais e Fatores de Risco, Testemunho Ocular.
  • Comportamento Político: Atitudes Políticas, Comportamento de Voto, Propaganda Eleitoral, Corrupção, Efeitos de Pesquisas de Intenção de Voto, Conformidade, Extremismo Ideológico, Terrorismo.
  • Trânsito e Mobilidade: Infrações de Trânsito, Conflitos entre Usuários, Uso da Bicicleta, Comunicação Visual e Legibilidade do Espaço, Mobilidade de Pedestres, Prevenção de Acidentes.
  • Relações Interpessoais: Pedidos de Desculpas, Negociação, Atração e Intimidade, Comportamento Preventivo em Saúde, Aposentadoria, Gerenciamento da Impressão, Efeitos da Testosterona, Urgência e Pressão Temporal, Preconceito e Discriminação.
  • Gastronomia: Marketing de Serviços, Satisfação e Qualidade do Atendimento, Fatores Comportamentais da Alimentação, Filas de Espera, Treinamento, Variáveis do Ambiente.

Portanto, na era das tecnologias exponenciais, as habilidades interpessoais serão cada vez mais valorizadas em ambientes complexos e em rápida transformação, cujos líderes do futuro precisam inspirar e influenciar pessoas em decisões sustentáveis e pensando no bem coletivo. Assim, inspirados por uma frase de Elon Musk, um dos principais líderes da atualidade, empreendedor e visionário, que afirma: “Esteja sempre pensando em como você pode fazer melhor”, é isso que o mundo precisa para a nossa grande revolução criativa! 

Avalie se sua atividade está relacionada com o poder de inspirar outras pessoas, influenciando positivamente um mundo mais criativo!

 Fonte: http://influencia.unb.br/

Ana Beatriz Rocha Lima

Líder local WCD em São Luiz, Brasil 

Postado em April 5, 2021, 5:07 p.m.

LabCriativo
Quem somos

Redação do LabCriativo



Canais
  • Lucas Foster
    CEO, LabCriativo

    Especialista em criatividade e empresário da economia criativa

  • Digital Disruption
    Canal

    Conheça e se inspire com soluções e inovações que simplificam a maneira como as pessoas se comunicam, produzem, ensinam e …

  • New World, New Skills
    Canal

    Apresentamos novas referências de como produzir melhor usando novas tecnologias e como trabalhar de forma mais consciente, levando em consideração …

  • Corp Meets Planet
    Canal

    Inspirar, trazer referências e instruir líderes e tomadores de decisões ampliando seu repertório com casos, ideias e notícias que comprovam …

  • LabCriativo
    Quem somos

    Redação do LabCriativo

Últimas postagens

Veja também

Conheça os temas do WCD 2021: Pensamento Analítico e Inovação

Desde os primórdios até os dias de hoje, o homem pensa e age de acordo com suas necessidades de sobrevivência, liberdade …

LabCriativo
Quem somos

Conheça os Temas do WCD 2021: Arte, técnicas e expressões artísticas

Segundo o Fórum Econômico Mundial, a criatividade é uma extensão do desejo natural dos bebês de compartilhar e de se comunicarem. …

LabCriativo
Quem somos

Conheça os temas do WCD 2021: Resiliência, tolerância ao estresse e flexibilidade

Desenvolver novas habilidades será fundamental para garantir oportunidades no mercado de trabalho ou empreender. Devido a isso, o Fórum Econômico Mundial …

LabCriativo
Quem somos

Bradesco mostra ofensas à sua assistente virtual em campanha de combate ao assédio

Banco comunica que sua ferramenta de inteligência artificial terá respostas firmes e contundentes para combater situações desrespeitosas. Em 2020, a BIA, …