×
logo labcriativo
×

Conheça o casal que viajou por 103 países de carro

Essa e mais histórias fazem parte do recém lançado livro Mundo por Terra - Onde terminam as estradas.

Tempo de leitura estimado: 3 min

Em 2007, Michelle Weiss recebeu uma proposta diferente  do namorado, agora marido Roy Rudnick: largar tudo e viajar pelo mundo. A ideia era de que eles iriam viajar de carro pelo mundo, segundo contam em entrevista ao UOL. 

Apesar de assustada, ela topou a ideia e os dois começaram a planejar como seria esse plano. Roy trabalhava de administrador e adorava andar de moto pelo Brasil e América Latina e Michelle estava no último ano da faculdade de arquitetura. 

"Eu não tinha muitos bens para vender. Lembro que a única coisa de valor era a minha vaca, já que morava próximo à fazenda. Fomos com as economias do meu marido mesmo. Na época, deu uns 70 mil dólares e viajamos com esse dinheiro", contou. 

Pé na estrada 

Eles adaptaram um carro para virar um motorhome. Em seguida eles despacharam o veículo da Venezuela até Melbourne, na Austrália, em uma viagem que durou 40 dias. Eles ficaram quatro meses explorando a Austrália e Nova Zelândia, logo em seguida foram conhecer a Ásia. 

"Eu não tinha muitos bens para vender. Lembro que a única coisa de valor era a minha vaca, já que morava próximo à fazenda. Fomos com as economias do meu marido mesmo. Na época, deu uns 70 mil dólares e viajamos com esse dinheiro", contou. 

Captura de tela 2021-02-02 204243.png

Por um momento eles ficaram receosos de visitar o Oriente Médio pois alguns países estavam em guerra, e não era seguro para receber turistas, mas, conversando com outras pessoas que visitaram os países, eles viram que seria possível . "Nós cruzamos o Paquistão, Síria e chegamos no continente africano por meio do Egito. Foi um ano só viajando pela África", conta em entrevista ao portal. 

O próximo destino foi a Europa, e estava chegando o fim a viagem, após 1033 na estrada, e após quase 3 anos, eles voltaram para o Brasil. Mas, a rotina normal não estava mais agradando o casal e em 2014, eles decidiram que iriam voltar a viajar. 

Eles partiram agora do Alasca e foram descendo, inclusive foi em Portland, nos Estados Unidos, que eles passaram a pior experiência: foram roubados. "Levaram passaporte, documentos, equipamentos, quase tudo. Tivemos um prejuízo e foi muita burocracia para resolver", conta.

Nessa segunda parte, foram 2200 dias viajando e conhecendo 52 países, foram seis anos de viagem, e mais de 300 mil quilômetros percorridos. "Eu amei as praias e montanhas, mas são paisagens diferentes. A Etiópia me encantou muito. Também amei a Namíbia, Bolívia, Laos e Mongólia. Tem muito lugar incrível no mundo."

Postado em Feb. 2, 2021, 9:41 p.m.

LabCriativo
| Destaques

Redação do LabCriativo



Canais
  • Lucas Foster |
    Partner, LabCriativo

    Especialista em criatividade e empresário da economia criativa

  • Digital Disruption
    Canal

    Conheça e se inspire com soluções e inovações que simplificam a maneira como as pessoas se comunicam, produzem, ensinam e …

  • New World, New Skills
    Canal

    Apresentamos novas referências de como produzir melhor usando novas tecnologias e como trabalhar de forma mais consciente, levando em consideração …

  • Corp Meets Planet
    Canal

    Inspirar, trazer referências e instruir líderes e tomadores de decisões ampliando seu repertório com casos, ideias e notícias que comprovam …

  • LabCriativo
    | Destaques

    Redação do LabCriativo

Últimas postagens

Veja também

Nasce o motor elétrico independente de terras-raras

Inovação alemã torna produção global menos dependente da China, responsável por 90% da produção dos metais de terras-raras. A Mahle anunciou …

Facebook está investindo US$1 bilhão em criadores

O dono das maiores redes sociais do mundo está implementando programas de bônus para criadores de conteúdo. Até o fim de …

Trouxemos 8 dicas para você fazer mais e melhor

Os princípios mais importantes que você pode seguir para o crescimento do corpo e da mente. Inspirado por Ray Dalio e …