×
logo labcriativo
×

Como um fabricante de vestuário encontrou sua relevância para a sociedade durante o COVID-19

Tempo de leitura estimado: 7 min

  • Durante o COVID-19, o lucro se torna secundário e as empresas podem preencher o vazio ao se perguntar por que seus negócios deveriam existir.
  • Os players do setor que pararam para refletir sobre seus propósitos têm uma perspectiva muito melhor após a crise.

A pandemia de COVID-19 criou uma tempestade sem precedentes para a indústria de vestuário.

Uma cadeia de suprimentos ágil e bem construída pode ter protegido alguns players do setor do choque inicial de suprimentos. Porém, à medida que o vírus viajava pelos continentes, pouquíssimos negócios foram poupados do choque da demanda, pois as portas das lojas tiveram que fechar.

Em tempos de adversidade, é fácil para as empresas pressionarem o botão de pânico, tomando medidas frenéticas e buscando oportunidades de lucro rápido. Para pouco proveito.

O fato é que os lucros se tornaram secundários, e isso ocorre porque os negócios como de costume não são mais normais.

A vantagem dessa situação é que há tempo suficiente para refletir e procurar a resposta para: por que sua empresa deveria existir?

Fabricantes e outros participantes do setor que aproveitarem o momento para isso terão um prognóstico muito melhor após a crise, se não durante.

Uma grande empresa prova sua relevância para a sociedade em momentos de crise

Quando a pandemia começou, no início de fevereiro, o Esquel Group, um dos maiores fabricantes de camisas do mundo, mergulhou em um território completamente desconhecido, pesquisando e realizando a produção de máscaras faciais reutilizáveis.

Em três meses, a empresa com sede em Hong Kong fabricou mais de 30 milhões de máscaras, algo equivalente a um bilhão de máscaras descartáveis, já que que cada uma podia suportar 30 lavagens.

Isso se mostrou como uma uma resposta ágil à falta de máscaras em todo o mundo, e que manteve seus trabalhadores empregados enquanto criava valor para a comunidade em geral.

A estratégia de “5 pilares” da empresa foi essencial na jornada para encontrar sua relevância nesse momento. Os “5 pilares” compreendem Ética, Meio Ambiente, Exploração, Excelência e Educação.

Eles podem servir como um guia para qualquer negócio do setor que esteja tentando escapar de uma tempestade.

Aqui estão os principais ensinamentos de cada pilar:

Ética: Crie confiança ao fazer promessas que você pode cumprir

A confiança traz recompensas a longo prazo. Pode ser tentador, e de fato fácil, fazer promessas sofisticadas quando máscaras faciais, ou qualquer outra coisa, de repente são uma mercadoria muito procurada. Mas se você tem um objetivo maior em mente, fará bem em ficar longe de truques de marketing e se concentrar em ser honesto com os clientes.

Seja claro sobre o que você pode fazer. Por exemplo, uma máscara reutilizável não é uma máscara de nível médico. É uma ferramenta de higiene e bem-estar e adequada para uso geral, mas não deve ser usada em um ambiente de alto risco.

Ética era a palavra de ordem quando criamos as máscaras, desde pesquisa e desenvolvimento até marketing e varejo. Isso lembrou à equipe a não seguir caminhos errados para sacrificar a qualidade e a transparência à custo da eficiência.

Meio Ambiente: sempre calcule o custo de cada ação no ambiente

Com a pandemia tirando vidas e causando estragos na economia global, a urgência em proteger nosso planeta subiu na lista de prioridades. Mas o planeta não vai nos agradecer pelo descarte diário de bilhões de máscaras cirúrgicas usadas.

De fato, grupos ambientais já alertaram sobre o efeito devastador que máscaras cirúrgicas poderiam ter na vida marinha, uma vez que são - em grande parte - feitas de polipropileno e não desaparecem. Elas se decompõem lentamente em microplásticos e entram nas cadeias alimentares.

Uma boa solução não deve criar mais problemas do que resolve. A ideia de criar máscaras reutilizáveis ​​foi a resposta da Esquel ao problema do plástico, protegendo a saúde e o bem-estar das pessoas e do ambiente.

Exploração: Agir rápido e quebrar as coisas

O mantra do Facebook de "agir rápido e quebrar as coisas" pode não ser o modo como indústrias tradicionais, como a de roupas, desejam operar. No entanto, o chamado "caminho da tecnologia" não é exclusivo do Vale do Silício e se torna amplamente útil em tempos de crise.

Isso ocorre porque todos os tipos de empresas - não apenas as de tecnologia - repentinamente têm interesse em desafiar o status quo; ou seja, liderar o caminho de mudança. A equipe de pesquisa e desenvolvimento precisa intensificar, e competir, colaborar e trazer novos produtos ao mercado se torna mais importante do que nunca.

A jornada de Esquel de criar máscaras reutilizáveis ​​foi como administrar uma startup dentro de uma empresa, com muitas incógnitas e a mensuração do resultado ainda a ser definida.

É um bom exemplo de como a inovação é a engrenagem principal para mover os três processos interligados de descoberta, experimentação e otimização.

Nesse caso, o design de argolas para os ouvidos e a implementação das linhas de produção necessárias, possibilitada pela transferência das energias já existentes na capacidade de produção de camisas.

Excelência: ultrapasse fronteiras

Quando se trata de entregar valor real em território desconhecido, um dos maiores desafios é buscar a excelência sem ficar preso à perfeição.

Você pode ficar tentado a esperar até que seu produto esteja perfeitamente pronto para chegar ao mercado, apenas para perceber que perdeu o momento. Buscar a excelência pode, de fato, envolver ultrapassar as fronteiras da excelência em áreas como desempenho do produto, eficiência da produção, entrega e custo. Mas no final do dia, você precisa aceitar trocas entre elas.

A primeira coisa que a Esquel reconheceu na criação de suas máscaras reutilizáveis ​​foi: o melhor que podemos fazer hoje pode não ser bom o suficiente para amanhã. Como tal, o foco inicial foi garantir a saúde e o bem-estar de seus trabalhadores e a rápida reabertura de fábricas. Um modelo básico foi desenvolvido para preencher as lacunas no suprimento de máscaras e o produto foi otimizado com base no feedback antes de ser levado ao mercado.

Educação: crie conhecimento organizacional para não cometer o mesmo erro duas vezes

Se você possui uma força de trabalho motivada, que compartilha um senso de propriedade sobre o que eles fazem, colocar as estratégias de recuperação em movimento será muito mais fácil. De fato, uma força de trabalho resiliente é ainda mais crucial para indústrias de trabalho intensivo, como a fabricação de roupas.

Em tempos de adversidade, trate os funcionários como seus parceiros, mantenha-os informados, capacite-os com as habilidades necessárias e ofereça a eles a garantia de que você os guiará para fora da tempestade.

No caso da Esquel, a criação de máscaras reutilizáveis ​​era novidade para todos, mesmo para os trabalhadores de costura e definitivamente para os executivos de vendas. Outro passo essencial é alinhar sua equipe com as ferramentas adequadas de gestão de conhecimento.

É importante garantir que todos os departamentos - P&D, produção, logística, varejo e marketing - possam aproveitar as mesmas experiências para não seguir o mesmo caminho duas vezes.

Seguindo em frente

O mercado global de vestuário se recuperará gradualmente quando a pandemia diminuir. E a Esquel focará novamente em seu principal negócio de têxteis e vestuário. Essa crise ajudou a empresa a percorrer um caminho não apenas na criação de máscaras reutilizáveis, mas também no desenvolvimento de novas marcas e plataformas. No final do dia, toda crise contém as sementes de oportunidades.

Postado em June 18, 2020, 2:35 p.m.

Corp Meets Planet
Canal

Inspirar, trazer referências e instruir líderes e tomadores de decisões ampliando seu repertório com casos, ideias e notícias que comprovam a mudança de mentalidade e de cultura em relação à sustentabilidade de modo amplo.



Canais
  • Lucas Foster
    Head of Content

    Founder and Head of Content

  • Digital Disruption
    Canal

    Conheça e se inspire com soluções e inovações que simplificam a maneira como as pessoas se comunicam, produzem, ensinam e …

  • New World, New Skills
    Canal

    Apresentamos novas referências de como produzir melhor usando novas tecnologias e como trabalhar de forma mais consciente, levando em consideração …

  • Corp Meets Planet
    Canal

    Inspirar, trazer referências e instruir líderes e tomadores de decisões ampliando seu repertório com casos, ideias e notícias que comprovam …

  • LabCriativo
    Inspiração

    Redação do LabCriativo

Últimas postagens

Veja também

Excelência no atendimento ao cliente no novo normal

Depois de vários meses abrigados em casa, perdas de negócios surpreendentes e alta no desemprego, estamos lenta e cautelosamente reabrindo.Em minhas …

Como superar o medo de errar

A crise da Covid-19 e suas conseqüências - incluindo recessão, demissões e problemas econômicos inéditos-, bem como os protestos recentes sobre …

O motivo pelo qual as chamadas de Zoom drenam sua energia

O bate-papo por vídeo está nos ajudando a permanecer empregados e conectados. Mas o que o torna tão cansativo - e …

4 técnicas simples para lembrar tudo o que você aprende

Aristóteles uma vez comparou a memória humana a um bloco de cera que começa quente e flexível, mas esfria até que …

Por que é preciso uma crise para as empresas mudarem?

Para superar a resistência à mudança, você precisa superar o poder da ansiedade, das recompensas e do status social. A crise …