Vídeo mostra pressão enfrentada por alguns dos maiores jogadores do mundo, durante a preparação para jogar no grande palco do futebol internacional: a Copa do Mundo.
O objetivo do filme é mostrar como alguns dos melhores jogadores do mundo têm sucesso lidando com tamanha pressão, graças à sua disposição em arriscar tudo”.
O filme começa com Cristiano Ronaldo andando por um aeroporto, primeiro sozinho com seus pensamentos, e depois rodeado de ávidos torcedores que desejam dar ao menos uma breve espiada no ídolo.

A confusão continua quando ele está a caminho do estádio: nas ruas de Lisboa, veem-se centenas de camisas e cartazes com o rosto do craque. No rádio, o comentarista fala sobre a partida da noite anterior: “Ronaldo marca!”, “Quem mais poderia ser?” O fanatismo em torno do jogador está no auge.

Ao mesmo tempo, Rooney se veste em seu hotel enquanto a imprensa inglesa o faz lembrar o que ele já sabe: sua gloriosa carreira ainda carece de um gol pela Inglaterra no maior campeonato de futebol do planeta. Rooney é cercado por jornalistas na saída do hotel, o que representa que o atacante está sob os holofotes em seu país e também fora dele.

Neymar, que recentemente passou a vestir a lendária camisa 10 do Brasil, aparece observando do ônibus da Seleção o fanatismo da torcida brasileira.

No estádio, ao longo do caminho para o campo, o jogador observa os grandes ídolos que vestiram a mesma camisa pela Seleção. Confrontando uma pressão inigualável, atordoante para quase todos os jogadores, Neymar, contrariando o status quo, esboça um sorriso.

“As expectativas – desde as esperanças de uma nação até o histórico poder de uma camisa – são enormes, mas esses são jogadores que crescem com essa responsabilidade”, acrescenta Grasso.

“Esses jogadores jogam no limite porque eles sabem que grandes momentos geralmente nascem da tentativa de fazer algo totalmente fora do comum. Pense no gol de bicicleta de Zlatan ano passado, ou no de Rooney semana passada. Esses momentos de genialidade ocorrem quando escolhemos correr riscos”.

Confira o vídeo:

Mantenha-se criativo! Lhe sugerimos estes:

 

Receba nossas atualizações no seu e-mail: