Recentemente foram publicadas diversas dicas de como usar as redes sociais, são dicas quase iguais a um manual de etiqueta.

Muitos jovens ainda não entenderam a força de uma postagem nas redes sociais. Alguns ainda acreditam em uma frase “zoeira” que era assim : O perfil é meu e eu posto o que eu quiser.

A facilidade e a liberdade de expressão oferecidas pelas redes sociais podem ser algo perigoso. Afinal, mensagens carregadas de emoção ou de conteúdo questionável podem se virar contra o dono de um post. Uma nova pesquisa apontou que um em cada quatro jovens adultos teme ser demitido ou desclassificado em uma entrevista de emprego devido às suas mensagens nas redes sociais.

[xyz-ihs snippet=”01mp”]

 

1 em cada 4 jovens se arrepende de algo que postou nas redes sociais

1 em cada 4 jovens se arrepende de algo que postou nas redes sociais

O Mashable divulgou o estudo “demograficamente equilibrado” conduzido pela FindLaw.com entre 1.000 adultos norte-americanos. Os entrevistados responderam perguntas a respeito do seu comportamento em sites como Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest, Tumblr e outras plataformas sociais populares. Entre os jovens adultos com idades entre 18 e 34 anos, 29% disseram já ter postado uma foto, comentário ou outras informações pessoais que eles temem que poderiam comprometer suas perspectivas de emprego atuais e futuras.

Cerca de 74% dos entrevistados nessa faixa etária disseram que essa preocupação está os levando a deletar fotos ou posts para evitar algum tipo de “reação negativa” de um empregador ou potencial empregador. Há menos apreensão entre as pessoas mais velhas, com idades entre 35 a 64 anos, já que apenas 36% deles disseram apagar conteúdos das redes sociais. A FindLaw, empresa que fornece informações legais online, deu algumas dicas básicas para usuários de mídias sociais:

  • Pense antes de postar;
  • Verifique suas configurações de privacidade;
  • Limite suas informações pessoais;
  • Procure ajuda legal se você achar que está sendo injustamente demitido.

“Remover um post ou foto pode não ser suficiente, pois as informações podem continuar vivendo em outras partes da Internet”, explica Stephanie Rahlfs, advogada e editora da FindLaw.com. “É melhor assumir que qualquer coisa que você tenha postado pode viver na Internet para sempre, e é bom pensar nisso antes de apertar o botão ‘Postar’”.

[xyz-ihs snippet=”02mp”]

E outra dica bem bacana foi dada pelo Daniel Juca nesse artigo chamado : Não chore suas mágoas na rede

Não chore suas mágoas na rede

Não chore suas mágoas na rede

Mantenha-se criativo! Lhe sugerimos estes:

 

Receba nossas atualizações no seu e-mail: