Ayrton Senna fez sua volta mais rápida na F-1, em 1989, em um treino classificatório para o GP de Suzuka, no Japão, terminando o percurso em 1:38.041.
Naquela mesma época, a Honda levou para a modalidade o sistema de telemetria, que possibilitava analisar em tempo real os dados de cada carro e de cada piloto.
Ayrton curtia muito conferir seus números e analisar seu desempenho assim que voltava para o paddock.
Atualmente, mais de 100 sensores e cerca de 6, 5 bilhões de dados são processados em tempo real a cada volta em cada corrida.
Acredito que ainda não surgiu um piloto capaz de causar nos espectadores a sensação que Ayrton Senna dava ao dirigir.
A Honda decidiu fazer uma homenagem ao piloto e montou um sistema de luz e som que recria a volta mais rápida do piloto brasileiro, no mesmo circuito onde ela aconteceu em 1989.
É de arrepiar, vale a pena conferir:

Honda faz homenagem emocionante a Ayrton Senna

Honda faz homenagem emocionante a Ayrton Senna

Mantenha-se criativo! Lhe sugerimos estes:

 

Receba nossas atualizações no seu e-mail: