O Google estuda adquirir o aplicativo Whatsapp (http://www.whatsapp.com/), esse passo é estratégico para à gigante da web. Segundo informou o site Trends, especializado em tecnologia digital. O aplicativo permite o envio “gratuito” de conteúdos em texto, fotos, vídeos ou áudio via Wi-Fi ou 3G (pacote de dados).

Segundo a Trends, as empresas já negociam há mais de um mês. O único empecilho é o relativo valor da transação. Estima-se é 1 bilhão de dólares pelo app.

whats

Companhias negociam há mais de um mês. Serviço é usado por mais de 100 milhões de pessoas.

A gigante já tem vários mensageiros instantâneo no portifólio: Hangouts, Gtalk, Google Voice, Gmail Chat, Google chat. A companhia está com um novo projeto chamado Babble e este deve unificar todos os recursos de mensagens.

No final do ano passado o whatsapp foi assediado por outro gigante da tecnologia, o facebook. O CEO e fundador da rede social, Mark Zuckerberg esteve diretamente ligado nas negociações, mas não houve um final feliz.

O whatsapp é um dos projetos mais bem sucedidos no mundo dos dispositivos móveis, foi criado em 2009 por dois ex-funcionários do Yahoo, Jan Koum e Brian Acton. O aplicativo alcançou em outubro a marca de 1 bilhão de mensagens trocadas em um só dia. Estima-se que 100 milhões de pessoas já aderiram ao recurso. O app está disponível em 100 países e para os sistemas operacionais iOS (Apple), Android (Google), BlackBerry, Symbian e Windows Phone.

Mantenha-se criativo! Lhe sugerimos estes:

 

Receba nossas atualizações no seu e-mail: