Mark Zuckerberg, do Facebook, e Sergey Brin, do Google, se uniram para criar o Life Sciences Breakthrough Prize, um prêmio para cientistas no valor de R$ 5,8 milhões.

Mark Zuckerberg, do Facebook, e Sergey Brin, do Google, se uniram para criar o Life Sciences Breakthrough Prize, um prêmio para cientistas no valor de R$ 5,8 milhões.

Certas coisas merecem muito respeito e uma salva de palmas. Existem coisas que deveriam ser prioridades no mundo inteiro e poucas pessoas realmente se importam em mudar, recentemente parece que o mundo tem começado a se ajudar mais, depois de tantos puxões de orelhas.

Essa notícia é relativa à ação de dois gigantes da tecnologia que resolveram se unir e financiar estudos contra o câncer, e o movimento está ganhando cada vez mais adeptos como a Apple e outras empresas dignas de respeito.

Muito me alegra em ler essa notícia, e sabemos o quanto é importante esse tipo de estudo. No Brasil, essas iniciativas deveriam ser mais importante do que marcar um gol.

Matéria que saiu na Canal Tech na íntegra logo abaixo:

Os criadores de dois dos maiores impérios do mundo da tecnologia – Mark Zuckerberg, do Facebook, e Sergey Brin, do Google – criaram um prêmio para cientistas no valor de US$ 3 milhões (R$ 5,8 milhões) que será entregue pela primeira vez neste ano, o Life Sciences Breakthrough Prize. A premiação é quase o triplo do valor do Prêmio Nobel.

O prêmio conta ainda com a participação do investidor russo Yuri Milner, da esposa de Brin, Anne Wojcicki, fundadora da empresa de genética 23andMe, da esposa de Zuckerberg, Priscilla Chan e do presidente da Genetech e membro do conselho da Apple, Art Levinson, que atua como presidente da fundação que distribui os prêmios aos cientistas. Na edição de 2013, o prêmio selecionou 11 pesquisadores de países como Estados Unidos, Itália, Holanda e Japão que estudam sobre doenças incuráveis e métodos de se prolongar a vida.

Life Sciences Breakthrough PrizeReprodução: CNET

“Encontrar a cura de uma doença deveria valer mais do que um touchdown”, afirmou em nota Sergey Brin, fazendo uma alusão ao ponto máximo no futebol americano. Todos os selecionados e premiados neste ano aceitaram participar do conselho que irá determinar os próximos cientistas vencedores em 2014, e a partir do próximo ano serão contemplados apenas cinco pesquisadores e não mais onze.

Life Sciences Breakthrough PrizeReprodução: CNET

Mark Zuckerberg afirmou que o prêmio é uma forma que a indústria da tecnologia encontrou para auxiliar as comunidades médica e científica em sua busca por uma solução para os problemas que afetam a todos os membros da sociedade contemporânea. Além disso, o fundador do Facebook afirmou que o projeto é uma forma de incentivar a pesquisa e também os futuros cientistas.

Confira abaixo a lista com os onze pesquisadores contemplados com o Life Sciences Breakthrough Prize:

1. Cornelia L. Bargmann

2. David Botstein

3. Lewis C. Cantley

4. Hans Clevers

5. Napoleone Ferrara

6. Titia de Lange

7. Eric S. Lander

8. Charles L. Sawyers

9. Bert Vogelstein

10. Robert A. Weinberg

11. Shinya Yamanaka

Mantenha-se criativo! Lhe sugerimos estes:

 

Receba nossas atualizações no seu e-mail: