Há um ano, um amigo de infância do fotógrafo Trent Bell foi sentenciado com 36 anos de cadeia.
Vivenciando a realidade de ter alguém próximo na cadeia, pelo resto da vida, Bell passou a pesquisar e documentar uma série de eventos e histórias sobre presidiários e o que havia acontecido com eles para estarem ali.
Nessa incessante pesquisa sobre a vida na cadeia, o fotografo criou o projeto “Reflect”.
No inicio, criado como uma série de retratos documentais, Bell decidiu que seguir desta forma crua, tiraria grande parte da verdadeira emoção que, de fato, importava.
Enfim, o projeto chegou ao formato ideal: uma colaboração entre o fotógrafo e os presidiários.
Assim, junto com o retrato tirado, os presos também escreveram uma carta ao seu “eu” mais jovem, pensando naquilo que falariam, nos conselhos, nas escolhas e talvez em algo que pudessem mudar se voltassem ao passado , como o destino e a fatídica prisão.
Como mostra o vídeo de making of, as cartas foram digitalizadas e, como resultado final, aparecem hibridizadas aos retratos tirados.
Carregadas de sentimentos, palavras e letras à mão, a série é de uma emoção arrebatadora que consegue transparecer toda uma vida atrás das grades.
Confira as fotos:

Fotos retratam presos e os conselhos que dariam a eles

Fotos retratam presos e os conselhos que dariam a eles

Fotos retratam presos e os conselhos que dariam a eles

Fotos retratam presos e os conselhos que dariam a eles

Fotos retratam presos e os conselhos que dariam a eles

Fotos retratam presos e os conselhos que dariam a eles

Fotos retratam presos e os conselhos que dariam a eles

Fotos retratam presos e os conselhos que dariam a eles

Fotos retratam presos e os conselhos que dariam a eles

Fotos retratam presos e os conselhos que dariam a eles

Fotos retratam presos e os conselhos que dariam a eles

Fotos retratam presos e os conselhos que dariam a eles

Mantenha-se criativo! Lhe sugerimos estes:

 

Receba nossas atualizações no seu e-mail: