Atualmente muito se fala da segurança de dados, segurança de informação e privacidade na Internet. Recentemente, estivemos todos presenciando um dos maiores escândalos sobre o vazamento de dados dos usuários.
Nenhuma grande empresa americana quis se comprometer e dizer que cedeu os seus dados, mas também não tiveram a atitude de dizer que o governo americano mentiu.

Fato é que no fundo no fundo, sabemos que todos somos vigiados 24h. Não temos como exigir privacidade, mas podemos nos prevenir.

Privacidade na Internet – Como se Preservar

Privacidade na Internet – Como se Preservar

A cada dia surgem novos e mais sofisticados métodos de invasão e violação de privacidade e coleta de informações sigilosas por meio da internet. Por mais que os sistemas operacionais evoluam e sites implantem novos sistemas de segurança, métodos que consistem em enganar o usuário continuam funcionando e trazendo prejuízos.

Neste cenário, seguem algumas formas de preservar a sua privacidade online:

  • Tenha cuidado com o que você revela. Sites de relacionamento (como Orkut, Facebook, MySpace, etc) não devem conter dados como endereço e telefone. Mantenha seu perfil apenas com informações básicas, que não possam comprometê-lo;
  • Também tenha muito cuidado com as fotografias que você disponibiliza nestes sites. Jamais coloque lá uma imagem que por alguma razão você não gostaria que fosse vista por terceiros;
  • Não confie no perfil de terceiros em sites de relacionamentos ou em programas mensageiros (como MSN Messenger ou G-Talk). É muito fácil para uma pessoa com más intenções criar um perfil falso e tentar se aproximar passando uma imagem diferente. Seja cauteloso, sempre;
  • Não acesse sua conta bancária pela internet em computadores públicos, como em lan houses. O mesmo vale para sites onde seu cadastro é importante. E, sempre que utilizar computadores deste tipo, exclua seu histórico de navegação e cookies ao final;
  • Mesmo que você esteja utilizando seu computador portátil, certifique-se antes de estar em uma rede segura antes de inserir dados importantes, como senhas bancárias. Muitas redes sem fio públicas podem representar um risco de segurança;
  • Ao acessar um site importante, como do seu banco, digite o endereço diretamente no navegador. Nunca faça o acesso por meio de links em qualquer local, pois eles podem enviá-lo para um site fraudulento, que se parece com o do seu banco mas na verdade é falso e vai apenas coletar seus dados;
  • Quando for inserir seus dados para logar-se no site de seu banco, primeiro observe se o ícone do certificado de segurança está aparecendo no navegador. Ele tem a forma de um cadeado, e clicando sobre ele você terá informações sobre a segurança do site que está sendo utilizado;
  • Nunca confie em um e-mail supostamente enviados pelo seu banco. Se ele pedir para você clicar em algum link então, tenha certeza de que se trata de uma fraude. Estes e-mails geralmente avisam de “atualizações de segurança” mas instalam softwares maliciosos no seu computador. Caso você tenha dúvidas, telefone para seu banco antes de clicar em qualquer coisa;
  • Você também não vai receber notificações judiciais, da receita federal ou qualquer órgão do governo por e-mail. Se estes e-mails pedirem para você clicar em algum link, a possibilidade de ser uma fraude aumenta consideravelmente. O mais provável é que seja uma tentativa de instalar softwares maliciosos no seu computador;
  • Outros truques envolvem envio de fotos, documentos, apresentações ou outros arquivos por e-mail. Se o remetente não é conhecido, esteja atento. Normalmente são tentativas de comprometer a segurança do seu computador. Mesmo amigos cujos computadores estejam infectados podem ser remetentes de mensagens com vírus e outros malwares;
  • Por fim cabe uma dica. Na internet, desconfie de estranhos assim como você desconfia deles na vida real. É difícil saber a real intenção de terceiros em qualquer lugar.

Mantenha-se criativo! Lhe sugerimos estes:

 

Receba nossas atualizações no seu e-mail: