Biólogos Enchem Formigueiro com Cimento e Descobrem Arquitetura Impressionante

Como a ponta de um iceberg, a imagem que temos de um formigueiro esconde uma estrutura muito maior. Por onde andam as formigas quando mergulham na terra? Qual é o desenho das galerias que constroem?

Um grupo de biólogos resolveu responder essas perguntas enchendo um formigueiro de água com cimento. Eles passaram três dias despejando o líquido (10 toneladas dele) sobre a casa dos insetos.

Um mês depois, período durante o qual o concreto secou, os cientistas começaram o trabalho de escavação, liderados pelo professor Luis Forte, da Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp de Botucatu.

Após semanas de trabalho, a megalópole das formigas apareceu, com autoestradas conectando câmaras e vias secundárias chegando como afluentes aos túneis principais. Algumas dessas vias levam a “jardins de fungos” (onde são deixadas as folhas coletadas, que servirão de comida aos fungos, que servirão de alimento às formigas) e “lixeiras”.

Os túneis são construídos de modo a prover boa ventilação e rotas curtas para a circulação. Toda a estrutura descoberta cobre uma área de 50 m² e desce a 8 metros abaixo da terra. As formigas precisaram mover 40 toneladas de solo para construir a sua casa.

 

Mantenha-se criativo! Lhe sugerimos estes:

 

Receba nossas atualizações no seu e-mail: